Repositório Digital

A- A A+

Confiança institucional : um estudo para o Brasil - 1995-2006

.

Confiança institucional : um estudo para o Brasil - 1995-2006

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Confiança institucional : um estudo para o Brasil - 1995-2006
Autor Lopes, Thiago Henrique Carneiro Rios
Orientador Fonseca, Pedro Cezar Dutra
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Brasil
Desenvolvimento econômico
Economia institucional
História econômica
[en] Brazilian economy
[en] Institutions
[en] Trust
Resumo Esta dissertação tem por objetivo apresentar uma análise evolutiva da confiança institucional no Brasil a partir da década de 1990. Esta década foi marcada por importantes mudanças de cunho institucional e, portanto, é um período que deve ser analisado com maior rigor. Num primeiro momento, a preocupação foi definir os principais conceitos da confiança, bem como sua relevância no contexto econômico. Em seguida foram abordadas as principais correntes institucionalistas e suas respectivas contribuições à economia. Por fim, o último capítulo, além de argumentar como a confiança institucional pode ser um importante elemento para transformar as regras em instituições, descreve algumas características da confiança institucional no Brasil a partir dos anos 1990. Foi possível notar que a Igreja e as Forças Armadas são as instituições em que os brasileiros mais confiam. No outro extremo estão os partidos políticos e o Congresso Nacional, os quais, não por acaso, são percebidas pelos cidadãos como as instituições mais corruptas, segundo dados da Transparency International. Através de alguns procedimentos estatísticos notou-se que não há correspondências entre os graus de confiança institucional e interpessoal. Além disso, verificou-se que, em média, os cidadãos participantes de alguma atividade associativa possuem o mesmo nível de confiança institucional que os demais.
Abstract This paper aims at presenting an evolutionary analysis of institutional trust in Brazil from the 1990s. This decade was marked by important institutional changes and, therefore, is a period to be analyzed more accurately. At first, the concern was to define the main concepts of trust, as well as its relevance in the economic context. Were then addressed the main approaches institutionalists and their respective contributions to the economy. Finally, the last chapter argues as institutional trust can be an important element to convert the rules in institutions. Finally, the last chapter, argue as well as the institutional trust can be an important element to transform the rules in institutions, describes some characteristics of institutional trust in Brazil from 90 years. It was possible to note that the Church and the Armed Forces are the institutions that Brazilians trust most. At the other extreme are the political parties and Congress, which, not coincidentally, are perceived by citizens as the most corrupt institutions, according to Transparency International. Through some statistical procedures it was noted that there is no correlation between the degree of institutional trust and interpersonal. In addition, it was found that, on average, citizens participating in associative some activity have the same level of institutional trust than others. However, some features are specific and require specific attention to the year in which the tests were conducted.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/54510
Arquivos Descrição Formato
000856392.pdf (2.829Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.