Repositório Digital

A- A A+

A arquitetura da escola paulista brutalista 1953-1973

.

A arquitetura da escola paulista brutalista 1953-1973

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A arquitetura da escola paulista brutalista 1953-1973
Autor Zein, Ruth Verde
Orientador Comas, Carlos Eduardo Dias
Data 2005
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura.
Assunto Arquitetura moderna : História : Século XX
Brutalismo arquitetonico
Escola paulista
História da arquitetura : Brasil
Resumo Esta tese parte de uma visão pluralista que organiza um panorama amplo e acurado das principais características arquitetônicas e consolidação, requerendo seu status de relativa autonomia, tanto no seio da arquitetura brasileira, como em face de sua relativa não superposição congruente com a Escola Paulista Brutalista; buscando compreender suas relações com outras tendências da arquitetura brasileira, anteriores e contemporâneas a esse período, bem como as relações ativas e passivas que estabelece com o panorama arquitetônico internacional daquela época. Parte não das generalizações historiográficas disponíveis, freqüentemente antipáticas ao tema, mas do reexame das obras, por meio de um amplo reconhecimento sistemático da arquitetura brasileira paulista das décadas de 1950 até meados dos anos 1970, verificando quais e quantas obras poderiam ser corretamente englobadas no marco da Arquitetura Paulista Brutalista. Esta é aqui entendida como tendência arquitetônica e estética, de peculiar organização formal, espacial, construtiva e plástica, eventualmente um esforço potencial para a formação de um estilo. A grande quantidade de obras encontrada pelo levantamento valida a existência da Arquitetura Paulista Brutalista, exigindo a proposição de uma classificação instrumental criteriosa de maneira a selecionar cerca de uma centena de obras, cuja análise arquitetônica mais acurada foi realizada. Admitiu-se nessa amostragem uma ampla variedade de aproximações que constata e reafirma um certo grau de pluralidade interna à tendência. O objetivo da tese é ajudar a compor, com a adição de um importante fragmento, pouco estudado e reconhecido de maneira ampla na historiografia arquitetônica brasileira, um panorama mais rico, múltiplo e complexo da arquitetura brasileira.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/5452
Arquivos Descrição Formato
000515405.pdf (4.437Mb) Parte 1 Adobe PDF Visualizar/abrir
000515405-02.pdf (27.34Mb) Parte 2 Adobe PDF Visualizar/abrir
000515405-03.pdf (10.15Mb) Parte 3 Adobe PDF Visualizar/abrir
000515405-04.pdf (18.29Mb) Parte 4 Adobe PDF Visualizar/abrir
000515405-05.pdf (17.77Mb) Parte 5 Adobe PDF Visualizar/abrir
000515405-06.pdf (14.56Mb) Parte 6 Adobe PDF Visualizar/abrir
000515405-07.pdf (10.45Mb) Parte 7 Adobe PDF Visualizar/abrir
000515405-08.pdf (13.11Mb) Parte 8 Adobe PDF Visualizar/abrir
000515405-09.pdf (8.449Mb) Parte 9 Adobe PDF Visualizar/abrir
000515405-10.pdf (9.467Mb) Parte 10 Adobe PDF Visualizar/abrir
000515405-11.pdf (14.86Mb) Parte 11 Adobe PDF Visualizar/abrir
000515405-12.pdf (13.26Mb) Parte 12 Adobe PDF Visualizar/abrir
000515405.zip (149.2Mb) Trabalho completo zipado Arquivo ZIP Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.