Repositório Digital

A- A A+

Proibição da queima de campo, solução ou problema? : impactos socioeconômicos, socioculturais e ambientais no município de São Francisco de Paula, RS

.

Proibição da queima de campo, solução ou problema? : impactos socioeconômicos, socioculturais e ambientais no município de São Francisco de Paula, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Proibição da queima de campo, solução ou problema? : impactos socioeconômicos, socioculturais e ambientais no município de São Francisco de Paula, RS
Autor Teixeira, Bruno Moraes
Orientador Dal Forno, Marlise Amália Reinehr
Co-orientador Berreta, Márcia dos Santos Ramos
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Tecnólogo em Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural a Distância.
Assunto Desenvolvimento rural
Legislação ambiental
Manejo do solo
Preservação ambiental
São Francisco de Paula (RS)
[en] Brazilian environmental legislation
[en] Landscape changes
[en] Livestock
[en] Management with fire
[en] Monoculture tree
[en] Prohibition of "sapeca"
Resumo A prática da queima de campo ou “sapecada” sempre foi utilizada pelos pecuaristas serranos dos Campos de Altitude dos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, como forma de manejo das pastagens nativas. Contudo, esta prática vem sendo coibida pelos órgãos ambientais, a partir da Lei de nº 4.771, de 15 de setembro de 1965 - Código Florestal e mais efetivamente com a implantação da Lei nº 9.519, de 21 de janeiro de 1992 - Código Florestal Estadual do Rio Grande do Sul. A pecuária, que sempre foi a principal atividade econômica do município, passou a ser substituída por monocultivos arbóreos de Pinus e mais recentemente por “parcerias” na atividade de agricultura, que utilizam métodos convencionais de produção. O presente trabalho apresenta uma pesquisa relacionada aos impactos socioeconômicos, ambientais e culturais causados pela proibição do uso do fogo como instrumento de manejo agropecuário no município de São Francisco de Paula (RS). Especificamente foram analisados os motivos que levaram à proibição do uso das queimadas e os seus impactos socioeconômicos, culturais e ambientais, bem como apontadas as mudanças da paisagem local. A metodologia utilizada foi a abordagem qualitativa, através de pesquisa bibliográfica, saídas de campo e elaboração de leituras de paisagens. Com a utilização de questionários foi possível aferir o ponto de vista dos proprietários rurais ligados à atividade de pecuária de corte extensiva com pequenas produções de queijo artesanal serrano. Como principais resultados do trabalho, constatou-se mudanças nas atividades agropecuárias, observando-se diversificação de atividades com a introdução de monocultivos arbóreos de exóticas e “parcerias” com agricultores especializados na produção de batatas, milho e hortigranjeiros, como forma de compensação da perda de renda pela proibição da “sapecada”. No aspecto ambiental, com a introdução dos monocultivos, houve grande substituição da vegetação nativa (principalmente campos), com visível impacto sobre o bioma Campos de Cima da Serra. Ainda como consequencia dessas mudanças no perfil de cultivos, percebem-se descaracterizações nas paisagens tradicionais da região, com impacto na atividade turística no município. Já os aspectos socioculturais tradicionais estão sendo fragilizados pela presença de pessoas oriundas de outras culturas, com relatos que demonstram baixa da autoestima do serrano, ao ver as atividades transmitidas pelos seus antepassados perderem espaço tanto no aspecto econômico, quanto na vida em sociedade e preservação do saber-fazer ligado à agropecuária.
Abstract The practice of field burning or "sapeca" has always been used by ranchers serranos Altitude Fields of the states of Rio Grande do Sul and Santa Catarina, as a form of management of native pastures. However, this practice has been curbed by environmental agencies, from the Law No. 4771 of September 15, 1965 - Forest Code and more effectively with the implementation of Law No. 9519 of January 21, 1992 - Forest Code State of Rio Grande do Sul Livestock, which has always been the main economic activity of the municipality, is now replaced by monocultures of pine trees and more recently by "partnership" activity in agriculture, using conventional methods of production. This paper presents research related to socio-economic impacts, environmental and cultural caused by the prohibition of the use of fire as a tool for agricultural management in the municipality of São Francisco de Paula (RS). Specifically we analyzed the reasons that led to the prohibition of the use of fire and its socioeconomic impacts, cultural and environmental stresses as well as changes of the local landscape. The methodology used was qualitative approach, through bibliographic research, field trips and readings of landscape development. With the use of questionnaires was possible to gauge the views of landowners associated with the activity of extensive beef cattle production with small artisanal cheese serrano. The main results of the work, we found changes in farming activities, observing diversification of activities with the introduction of monocultures of exotic trees and "partnerships" with farmers specialized in the production of potatoes, maize and horticulture as a way to compensate for losses income for a ban on "sapeca." Environmentally, the introduction of monocultures, there was the substitution of native vegetation (mainly agriculture), with a visible impact on the biome Campos de Cima da Serra. Also as a consequence of these changes in the profile of crops, are perceived in traditional landscapes-characterization of the region, impact on tourism in the municipality. As for the traditional socio-cultural aspects are being weakened by the presence of people from other cultures, with reports that show low self-esteem serrano, seeing the activities transmitted by their ancestors lost much space in the economic, as in society and preservation of know-how related to agriculture.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/54690
Arquivos Descrição Formato
000855580.pdf (1.264Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.