Repositório Digital

A- A A+

Efeitos do tratamento com tiroxina no remodelamento cardíaco pós-infarto agudo do miocárdio e em parâmetros de estresse oxidativo

.

Efeitos do tratamento com tiroxina no remodelamento cardíaco pós-infarto agudo do miocárdio e em parâmetros de estresse oxidativo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeitos do tratamento com tiroxina no remodelamento cardíaco pós-infarto agudo do miocárdio e em parâmetros de estresse oxidativo
Autor Berger, Bruno da Rocha
Orientador Belló-Klein, Adriane
Co-orientador Tavares, Angela Maria Vicente
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas: Fisiologia.
Assunto Cálcio : Metabolismo
Estresse oxidativo
Hormônios tireóideos
Infarto do miocárdio
Tiroxina
[en] Acute myocardial infarction
[en] Calcium metabolism
[en] Cardiac function
[en] Oxidative stress
[en] Thyroid hormones
Resumo O infarto agudo do miocárdio (IAM) é um evento que acomete milhares de pessoas ao redor do mundo. Após o IAM são desencadeados diversos processos, como alterações na expressão de proteínas envolvidas na contratilidade cardíaca e no remodelamento cardíaco após o IAM, bem como o desequilíbrio no estado redox da célula, que podem levar a um grave prognóstico. A utilização dos hormônios da tireoide vem sendo amplamente estudada na tentativa de desenvolver um método terapêutico eficiente para o tratamento do IAM. Desta forma, o objetivo deste estudo foi verificar os efeitos da tiroxina (T4) sobre a expressão e a concentração de antioxidantes e pró-oxidantes e sobre a expressão de proteínas relacionadas ao metabolismo do cálcio, e suas possíveis relações com a melhora na função cardíaca após o IAM. Foram utilizados ratos Wistar, divididos nos seguintes grupos experimentais: SHAM, infartado (IAM) e infartado e tratado com T4 nas doses de 1,2, 2,4 e 6,0 mg/L de água de beber. O tratamento foi iniciado 24 horas após a indução do IAM e após 14 dias foram coletados dados morfométricos e ecocardiográficos, além de analisadas as expressões das proteínas cálcio ATPase do retículo sarcoplasmático (SERCA2a), fosfolambam (PLB), fator nuclear eritroide do tipo 2 (Nrf2) e hemeoxigenase 1 (HO-1). Também foram quantificadas as concentrações de peróxido de hidrogênio (H2O2) e de glutationa total em homogeneizado de tecido cardíaco. Os animais infartados, tratados ou não, apresentaram hipertrofia cardíaca independente da dose do tratamento. O IAM provocou uma redução da função cardíaca, e o tratamento com T4 não foi capaz de reverter esses efeitos. A expressão das proteínas PLB e Nrf2 diminuiu após o IAM. Os animais tratados com T4 em suas doses mais altas apresentaram valores da expressão da proteína Nrf2 semelhantes aos animais do grupo SHAM. Os grupos infartado e tratado com T4 nas doses de 2,4 e 6,0 mg/L apresentaram valores de expressão da SERCA2a maiores quando comparados com o grupo SHAM. As concentrações de H2O2 e de glutationa total não foram alteradas após o IAM, e o tratamento com T4 também não alterou estes parâmetros. Em suma, uma vez que a dose de T4 de 6,0 mg/L modulou a expressão do Nrf2, uma proteína importante para o estado redox da célula, sugerimos que poderia estar ocorrendo uma adaptação de sistemas antioxidantes distintos dos analisados neste estudo e que também são regulados por este fator de transcrição.
Abstract The acute myocardial infarction (AMI) is an event that affects thousands of people around the world. After AMI are triggered several processes, such as changes in expression of proteins involved in cardiac contractility and cardiac remodeling, as well as the cell redox state imbalance, which can lead to serious prognosis. The use of thyroid hormones has been widely studied in an attempt to develop an efficient therapeutic method for treatment of AMI. Thus, the objective of this study was to investigate the effects of thyroxine (T4) on expression and concentration of antioxidant and pro-oxidants and the expression of proteins related to calcium metabolism, and their possible relationships with improvement in cardiac function after AMI. Wistar rats were divided into the following groups: SHAM, myocardial infarction (AMI) and myocardial infarction and treated with T4 at doses of 1,2, 2,4 and 6,0 mg / L of drinking water. Treatment was initiated 24 hours after induction of AMI and after 14 days were collected morphometric and echocardiographic data, and analyzed protein expression of sarcoplasmic reticulum calcium ATPase (SERCA2a), phospholamban (PLB), nuclear factor erythroid type 2 (Nrf2) and hemeoxygenase 1 (HO-1). Also were quantitated concentrations of hydrogen peroxide (H2O2) and total glutathione in homogenized of cardiac tissue. The infarcted animals, treated or not, showed cardiac hypertrophy, independent of the dose of treatment. The AMI has caused a decline in cardiac function parameters, and treatment with T4 was not able to reverse these effects. The protein expression of PLB and Nrf2 decreased after AMI. Animals treated with T4 in their higher doses had values of Nrf2 protein expression similar to those animals of the SHAM group. The infarcted groups and treated with T4 at doses of 2.4 and 6.0 mg / L had higher SERCA2a expression when compared to the sham group. The concentrations of H2O2 and total glutathione were not altered after AMI, and treatment with T4 did not alter these parameters. In short, since the treatment dose of 6.0 mg / L modulates the expression of Nrf2, an important protein for the redox state of the cell, we suggest what might be going on an adaptation of antioxidant systems distinct from those analyzed in this study and are also regulated by this transcription factor.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/54950
Arquivos Descrição Formato
000855441.pdf (954.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.