Repositório Digital

A- A A+

Estudo da colonização pelo Pneumocystis jirovecii na comunidade atendida pela Unidade Básica de Saúde do Hospital de Clínicas de Porto Alegre

.

Estudo da colonização pelo Pneumocystis jirovecii na comunidade atendida pela Unidade Básica de Saúde do Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo da colonização pelo Pneumocystis jirovecii na comunidade atendida pela Unidade Básica de Saúde do Hospital de Clínicas de Porto Alegre
Autor Mendes, Rosicler Luzia Brackmann
Orientador Wissmann, Gustavo
Co-orientador Prolla, João Carlos
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Pneumológicas.
Assunto Centros de saúde
Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Unidade Básica de Saúde Santa Cecília.
Infecções por Pneumocystis
Pneumocystis jirovecii
Porto Alegre (RS)
Resumo Introdução O Pneumocystis jirovecii causa uma grave infecção oportunista nos pacientes imunossuprimidos. Como o P. jirovecii é específico do ser humano, o reservatório deve ser constituído pelos indivíduos que apresentam a pneumonia ou a colonização pelo fungo. A colonização foi estudada somente em grupos específicos (pacientes infectados pelo vírus HIV, pacientes com doenças pulmonares crônicas, crianças com a primoinfecção pelo microorganismo, entre outros) e não foi ainda comprovada a colonização de indivíduos adultos saudáveis na população em geral. A distribuição do reservatório do P. jirovecii na comunidade, portanto, não é conhecida. Objetivos Estudar a colonização pelo P. jirovecii na comunidade da região geográfica de abrangência da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Determinar a prevalência da colonização; investigar a associação entre dados clínicos ou demográficos e colonização; verificar se adultos saudáveis são colonizados pelo P. jirovecii. Material e métodos Foram selecionados aleatoriamente 405 indivíduos que residem na área atendida pela UBS/HCPA. O lavado de orofaringe e os dados clínicos e demográficos foram coletados no decorrer do ano de 2010. A presença do P. jirovecii no lavado de orofaringe foi investigada através de uma nested-PCR que amplifica a grande subunidade do RNA ribossômico mitocondrial (mtLSUrRNA), a qual foi realizada no Centro de Pesquisa Experimental do HCPA. Os dados obtidos foram submetidos às análises estatísticas univariada e multivariada. Resultados A colonização pelo P. jirovecii foi observada em 7,7% (31/405) dos indivíduos. A análise estatística univariada demonstrou que a presença do fungo está associada ao tabagismo, à doença respiratória crônica e à idade (as crianças e os idosos apresentam-se mais colonizados que os adultos e adolescentes). Na análise multivariada, o tabagismo e a idade foram variáveis cuja associação com a colonização foi independente. Dentre os indivíduos colonizados, três eram adultos saudáveis. Conclusões Uma prevalência de 7,7% (31/405) de colonização entre os indivíduos da população foi identificada. O tabagismo e a idade (crianças e idosos) estão associados à colonização na análise multivariada, o que confirma evidências prévias. Entre os indivíduos colonizados, cerca de 10% (3/31) são pessoas adultas e saudáveis, um grupo que este estudo revela como parte do reservatório do fungo. A prevalência de colonização identificada no estudo, distribuída em diferentes indivíduos da população, sugere que um grande reservatório do P. jirovecii é dinâmico e é mantido através da transmissão do fungo entre os habitantes da região.
Abstract Introduction Pneumocystis jirovecii is the cause of a serious opportunistic infection in immunocompromised patients. As a specifically human microorganism, its reservoir is made up of individuals that have pneumonia or are colonized. Colonization has been studied only in specific groups, such as patients with HIV infection or chronic pulmonary diseases and children with primary infection by this microorganism. Colonization in healthy adults in the general population has not been confirmed. The distribution of the P. jirovecii reservoir in the community is, therefore, unknown. Objectives To study colonization by P. jirovecii in the community of the geographic area of the Primary Health Care Unit of Hospital de Clínicas de Porto Alegre (UBS/HCPA); to determine the prevalence of colonization; to evaluate the association between clinical or demographic data and colonization; to investigate whether healthy adults are colonized by P. jirovecii. Material and methods This study randomly enrolled 405 individuals that lived in the geographic area of UBS/HCPA. Oropharyngeal wash specimens and clinical and demographic data were collected along 2010. The presence of P. jirovecii in oropharyngeal wash specimens was investigated using nested PCR, which amplifies the mitochondrial large subunit ribosomal RNA (mtLSUrRNA). Tests were conducted in the Experimental Research Center of HCPA. Univariate and multivariate statistical analyses were used to evaluate the data collected. Results Colonization by P. jirovecii was found in 7.7% (31/405) of the individuals. Univariate statistical analysis revealed that the presence of the fungus was associated with smoking, chronic respiratory diseases and age; children and older adults were more often colonized than adults and adolescents. In multivariate analysis, only smoking and age were independently associated with colonization. Of the individuals with colonization, three were healthy adults. Conclusions The prevalence of colonization among individuals in the population was 7.7% (31/405). Smoking and age (children and older adults) were associated with colonization in multivariate analysis, which confirms previous findings. About 10% (3/31) of all colonized individuals were healthy adults, a group that seems to be part of the reservoir of the fungus. In this study, colonization was distributed among different individuals in the population, which suggests that a large and dynamic reservoir of P. jirovecii is kept by fungus transmission between inhabitants of the region.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/55142
Arquivos Descrição Formato
000855024.pdf (546.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.