Repositório Digital

A- A A+

Evolução de crianças e adolescentes com excesso de peso após manejo com dieta ajustada por calorimetria indireta

.

Evolução de crianças e adolescentes com excesso de peso após manejo com dieta ajustada por calorimetria indireta

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Evolução de crianças e adolescentes com excesso de peso após manejo com dieta ajustada por calorimetria indireta
Autor Koglin, Gabriela
Orientador Mello, Elza Daniel de
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente.
Assunto Adolescente
Calorimetria indireta
Criança
Dieta
Ganho de peso
[en] Adolescents
[en] Body composition
[en] Children
[en] Diet
[en] Indirect calorimetry
[en] Obesity
Resumo Introdução: As mudanças ocorridas no estilo de vida nas últimas décadas têm levado a um aumento na prevalência de excesso de peso. Isso afeta tanto países desenvolvidos como aqueles em desenvolvimento e também todas as faixas etárias. Diversas intervenções para reverter essa situação vêm sendo testadas, porém, em crianças e adolescentes o melhor manejo para reverter esse quadro ainda não está completamente elucidado. Objetivo: Avaliar as mudanças ocorridas no escore-z do índice de massa corporal (zIMC), circunferência do braço (CB), prega cutânea tricipital (PCT) e subescapular (PCSE), circunferência muscular do braço (CMB), percentual de gordura corporal (GC), circunferência da cintura (CC) e exames bioquímicos em crianças e adolescentes após uma intervenção exclusivamente dietoterápica ajustada pela taxa metabólica basal (TMB) obtida através do exame de calorimetria indireta (CI). Procedimentos Metodológicos: Após randomização, os participantes alocados para essa pesquisa participaram de encontros mensais individuais com a nutricionista responsável pelo projeto, pelo período de 1 ano. Os participantes tinham entre 8 e 15 anos, todos com excesso de peso (zIMC≥+1). As medidas antropométricas e de GC foram avaliadas na inclusão, no 6° e no 12° mês, após cada criança ou adolescente ser submetido ao exame de CI. A GC foi medida através do equipamento de bioimpedância elétrica. A coleta de sangue para as análises bioquímicas foi realizada após a CI. Cada participante recebeu uma dieta ajustada pelo valor do exame de CI. Usamos ANOVA para medidas repetidas, e teste de Friedman e Cochran’s Q para avaliar os resultados. Para as análises estatísticas foi utilizado o PASW 18.0 para Windows e valores-P<0,05 foram considerados estatisticamente significativos. Resultados: Completaram as três avaliações 27 participantes, com média de idade de 12±2 anos, 51,9% do sexo feminino. A TMB não apresentou mudança significativa ao final do estudo (P=0,233), enquanto o zIMC reduziu -0,19±0,04 nos primeiros 6 meses e -0,17±0,05 (P=0,014) ao final do seguimento. A CB aumentou em 12 meses e a PCSE nos últimos 6 meses, permanecendo estável ao final da pesquisa. O percentual de GC reduziu inicialmente, mas nos últimos 6 meses apresentou aumento, ainda que mais da metade dos participantes tenha reduzido a GC em 12 meses. O colesterol total (CT) e a lipoproteína de baixa densidade (LDL-c) reduziram nos primeiros 6 meses (-11,5±2,7;P=0,001/-8,1±2,5;P=0,011), mas essa redução não se manteve significativa ao final da intervenção. A maior parte das crianças e adolescentes reduziu os valores de triglicerídeos, LDL-c (88,9%) e CT (66,7%) ao final do estudo. Conclusões: O manejo dietoterápico da obesidade infanto-juvenil realizado por um nutricionista, com encontros mensais, é efetivo após 12 meses de intervenção e, especialmente em 6 meses.
Abstract Background: The changes in lifestyle over the past decades have led to an increase in the prevalence of overweight. This affects both developed countries and developing ones as well as all age groups. Several interventions to reverse this situation have been tested, however, in children and adolescents the best management to reverse this situation is not yet fully elucidated. Objective: To evaluate the changes in the z-score of body mass index (zBMI), arm circumference (AC), triceps skinfold (TSF) and subscapular (SSF), arm muscle circumference (AMC), body fat percentage (BF), waist circumference (WC) and biochemical tests in children and adolescents after an intervention only dietotherapeutic adjusted for basal metabolic rate (BMR) was obtained through examination of indirect calorimetry (IC). Methodological Procedures: After randomization, participants allocated to this research participated in monthly and individual meetings with the nutritionist responsible for the project for a period of one year. Participants aged between 8 and 15 years, all overweight (≥ zBMI+1). Anthropometric measurements and BF were evaluated at inclusion in the 6th and 12th month after each child or adolescent be submitted to the examination of IC. The BF was measured by bioelectrical impedance equipment. Blood samples for biochemical analysis was performed after IC. Each participant received a diet adjusted by the value of IC exam. We used repeated measures ANOVA and Friedman and Cochran's Q test to evaluate the results. The statistical analysis was used PASW 18.0 for Windows and P-values <0.05 were considered statistically significant. Results: Completed all three assessments 27 participants, mean age 12±2 years, 51.9% were female. The BMR showed no significant change at the end of the study (P=0.233), while the Zimc reduced -0.19 0.04 in the first 6 months and -0.17±0.05 (P=0.014) at the end of follow-up. The AC increased by 12 months and SSF in the last six months, remaining stable at the end of the study. The BF percentage was initially reduced, but in the last six months had increased, although more than half of the participants has reduced BF in 12 months. The total cholesterol (TC) and low density lipoprotein (LDL-c) reduced in the first 6 months (-11.5±2.7;P=0.001/-8.1±2.5;P=0.011), but this significant reduction was not maintained to the end of the intervention. Most children and adolescents reduced the values of triglycerides, LDL-c (88.9%) and TC (66.7%) at the end of the study. Conclusions: The dietary management of obesity in children and adolescents conducted by a nutritionist, with monthly meetings, is effective after 12 months of intervention, and especially in six months.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/55163
Arquivos Descrição Formato
000855999.pdf (2.023Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.