Repositório Digital

A- A A+

Saneamento e urbanização no Rio Grande do Sul durante os anos de 1916 a 1931 : o papel da SOP - Secretaria de Obras Públicas. A cidade de Iraí como referência

.

Saneamento e urbanização no Rio Grande do Sul durante os anos de 1916 a 1931 : o papel da SOP - Secretaria de Obras Públicas. A cidade de Iraí como referência

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Saneamento e urbanização no Rio Grande do Sul durante os anos de 1916 a 1931 : o papel da SOP - Secretaria de Obras Públicas. A cidade de Iraí como referência
Autor Vargas, Luis Francisco da Silva
Orientador Souza, Célia Ferraz de
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional.
Assunto Cidades : Iraí (RS)
Evolucao urbana
História urbana
Rio Grande do Sul
Saneamento urbano
Saturnino de Brito, Francisco Rodrigues, 1864-1929
Urbanismo : Século XX
Urbanismo moderno
Urbanização
Resumo Nos anos 20 do século XX, o Estado do Rio Grande do Sul passava por grandes obras. A construção e abertura de estradas, ferrovias e canais fluviais estavam aliadas ao plano de colonização das terras situadas ao norte do estado e ao aumento populacional que, conjuntamente, com as obras de saneamento fizeram com que o poder público estadual se confrontasse com uma nova realidade - a da organização urbana. Tudo isto estava dentro de uma conjuntura nacional e mundial em que se constituíram no imaginário social as ideias modernizantes e de vanguarda, que também se refletem nas grandes obras de infraestrutura da época. Dentro deste contexto, o Governo do Estado através da Secretaria das Obras Públicas (SOP), desenvolveu e fiscalizou projetos e obras municipais de saneamento e organização urbanas, projetos estes que abrangiam a captação e abastecimento de água, rede hidráulica, rede de esgotos e expansão da cidade, desencadeando uma campanha de higienização que passa a ser, na época, sinônimo de urbanização, além do projeto para a nova “cidade das águas” de Iraí. Este estudo trata do surgimento do urbanismo moderno gaúcho, no século XX.
Abstract During the twenties of the 20th century, the state of Rio Grande do Sul was undergoing great changes regarding its infrastructure. The construction and the opening of roads, railways and river canals were aligned to the plan for landing colonization in the north of the state and to the population increasement. Those two factors combined with sanitation workmanships made the local government face a brand new reality: that of urban organization. All of that was soaked in a world and country scenario that would influence the social imaginary with its modernizing and avant-garde ideas – reflected in the major infrastructure works of that time. Therefore, it was in this context that the public power, through the Department of Public Craftmanships (Secretaria de Obras Públicas, SOP), developed and audited projects and works on sanitation and urban organization. Projects enclosing water´s catchment and suply, hydraulic systens, sanitary sewers and the expansion of the city, wich resulted in a broad sanitation campaign – in that time a definition for urbanization – and in a project for the city of Iraí so-called “cidade das águas” (literally city of waters). This dissertation discusses the sprouting of the gaucho (i.e. a person from Rio grande do Sul) modern urbanism in the 20th century.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/55504
Arquivos Descrição Formato
000857690.pdf (40.80Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.