Repositório Digital

A- A A+

Fahrenheit 451, de Ray Bradbury e de François Truffaut : da alienação pós-moderna à oralidade homérica

.

Fahrenheit 451, de Ray Bradbury e de François Truffaut : da alienação pós-moderna à oralidade homérica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fahrenheit 451, de Ray Bradbury e de François Truffaut : da alienação pós-moderna à oralidade homérica
Autor Ferreira, Luciano Steinbach
Orientador Oliveira, Ubiratan Paiva de
Data 2005
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Bradbury, Ray Fahrenheit 451
Intertextualidade
Literatura comparada
Truffaut, François 1932-1984. Fahrenheit 451
Resumo Este trabalho analisa o Fahrenheit 451 de Ray Bradbury e o de François Truffaut, em sua proposição de utilizar a oralidade (discurso oral) como forma de manutenção do literário e resistência à imposição e à censura ideológica. Efetua também uma análise comparatista das Utopias Negativas do século XX (obras Distópicas). Ao longo deste projeto, é feita uma análise do surgimento da escrita (alfabético-fonética), e sua estreita relação com o discurso oral. Tenta-se reproduzir a trajetória traçada pelo discurso oral, passando pelo desenvolvimento da tecnologia escrita, assim como a produção cultural tanto no meio oral quanto no escrito, junto com suas conseqüências e influências sobre pensamento humano. Da oralidade dos poemas homéricos à oralidade advinda com o desenvolvimento de aparelhos eletrônicos como o telefone, que, em plena modernidade, voltam a valorizar o discurso oral. Neste projeto a oralidade é vista como algo cíclico.
Abstract This thesis analyses Ray Bradbury’s and François Truffaut’s Fahrenheit 451, in their proposal of using the oral discourse as a way of maintenance of the literacy as well as resistance to ideological imposition and censorship. It also brings a comparative analysis of the Negative Utopias of the twentieth century (Distopic Literature), along with the rise of writing (alphabetic-phonetic writing), and its close relation to oral discourse. It tries to reproduce the path trailed by oral discourse, passing through the development of writing technology, as well as the cultural production both in the oral and in the writing media, along with its consequences and influences to human thought. From Homer’s oral poems to the oral discourse emerged with the development of electronic devices such as the telephone, which enhance oral discourse in modern times. In this project oral discourse is seen as something cyclical.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/5813
Arquivos Descrição Formato
000520920.pdf (489.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.