Repositório Digital

A- A A+

Mesilato de gemifloxacino : desenvolvimento e validação de métodos analíticos, teste de dissolução e estudo de estabilidade

.

Mesilato de gemifloxacino : desenvolvimento e validação de métodos analíticos, teste de dissolução e estudo de estabilidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Mesilato de gemifloxacino : desenvolvimento e validação de métodos analíticos, teste de dissolução e estudo de estabilidade
Autor Paim, Clésio Soldateli
Orientador Schapoval, Elfrides Eva Scherman
Co-orientador Steppe, Martin
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
Assunto Cromatografia liquida de alta eficiencia (clae)
Eletroforese capilar
Estabilidade de medicamentos
Mesilato de gemifloxacino
Produtos de degradação
Validação : Métodos de análise de fármacos
[en] Biological safety studies
[en] Capillary electrophoresis
[en] Gemifloxacin mesylate
[en] High performance liquid chromatography
[en] Isolation and elucidation of degradation products
Resumo A análise de fármacos é fundamental nas diversas fases do desenvolvimento farmacêutico, tais como em estudos de formulação, estabilidade e controle de qualidade do produto. O mesilato de gemifloxacino (MGF), liberado para uso clínico no Brasil em novembro de 2006 com o nome comercial de Factive®, é uma fluorquinolona indicada para o tratamento da exacerbação aguda da bronquite crônica e da pneumonia adquirida da comunidade. A literatura pesquisada apresenta poucos relatos de determinação quantitativa e de estudos de estabilidade do fármaco em comprimidos revestidos. Anteriormente aos estudos, foi realizada a caracterização da substância química de referência (SQR) de MGF por espectrofotometria no infravermelho (E IV), ressonância magnética nuclear de hidrogênio (RMN 1H) e carbono (RMN 13C), análise térmica por calorimetria exploratória de varredura (DSC) e determinação da faixa de fusão. Métodos analíticos para determinação qualitativa e quantitativa foram desenvolvidos e validados por espectrofotometria na região do ultravioleta (E UV) e visível (E VIS), cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), eletroforese capilar (EC) e ensaio microbiológico pelo método de cilindros em placas. A validação de um método de dissolução baseado em dados in vivo do fármaco também foi realizada. A elucidação do produto de degradação isolado em condições alcalinas foi realizada por E IV, RMN de 1H, 13C e correlação (COSY, HSQC e HMBC), espectrometria de massas (EM) e emissão atômica. Estudos de citotoxicidade, fototoxicidade, genotoxicidade e fotogenotoxicidade foram empregados para conhecimento da toxicidade dos produtos analisados.
Abstract The drug analysis is essential in all areas of the pharmaceutical development, such as during formulation studies, stability and quality control of the product. Gemifloxacin mesylate (GFM), approved for clinical use in Brazil in November of 2007 with the commercial name of Factive®, is a fluoroquinolone prescribed for the treatment of acute exacerbations of chronic bronchitis and community-acquired pneumonia. The research literature shows a few studies of quantitative determination and stabilities studies of the drug in coated tablets. Previously, it was performed the characterization of the reference chemical substance of GFM by infrared spectrometry (IR), nuclear magnetic resonance of 1H (1H NMR) and 13C (13C NMR), thermal analysis by differential scanning calorimetry (DSC) and determination of the melting range. Analytical methods for qualitative and quantitative determination were developed and validated by ultraviolet (UV) and visible (Vis) spectrophotometry, highperformance liquid chromatography (HPLC), capillary electrophoresis (CE) and microbiological assay applying the cylinder–plate method. The validation of the dissolution method based on in vivo data of the GFM was also performed. The elucidation of the isolate degradation product in alkaline conditions was performed by IR, 1H, 13C and correlation (COSY, HSQC and HMBC) NMR, and mass spectrometry (MS). Cytotoxicity, phototoxicity, genotoxicity and photogenotoxicity studies were carried out for the toxicity knowledge of the analyzed products.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/60371
Arquivos Descrição Formato
000829061.pdf (4.844Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.