Repositório Digital

A- A A+

Negociação coletiva e saúde do trabalhador no serviço público

.

Negociação coletiva e saúde do trabalhador no serviço público

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Negociação coletiva e saúde do trabalhador no serviço público
Autor Lelles, Sérgio Luís Camillo de
Orientador Lopes, Fernando Dias
Data 2010
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Negociação Coletiva a Distância.
Assunto Negociação coletiva
Saúde do trabalhador
Serviço público
Resumo Neste trabalho serão analisadas as perspectivas, sob um enfoque teórico, de relacionamento da Negociação Coletiva com a Saúde do Trabalhador com vistas à melhoria das condições de trabalho e ao alcance da eficiência, tendo como foco principal o trabalho na esfera pública. Será visto que as recentes mudanças no mundo do trabalho têm gerado diversos transtornos na manutenção da saúde do trabalhador, tanto na esfera pública como na esfera privada, e que tal condição impacta negativamente na eficiência dos sistemas em dois momentos: o primeiro, direto, na piora dos índices relacionados à saúde do trabalhador; e o segundo, através do impacto que a insatisfação e o sofrimento no trabalho causam à produtividade. Sendo assim, propõe-se analisar como as Negociações Coletivas podem corresponder a uma perspectiva de aproximação do servidor com as decisões que afetem suas condições de trabalho, sendo apresentado o campo da Saúde do Trabalhador, uma corrente que procura estabelecer um viés participativo e auto-afirmativo do trabalhador como gestor de sua própria saúde no trabalho. Verifica-se que as iniciativas da Negociação Coletiva e da Saúde do Trabalhador são complementares e sinergéticas e que podem auxiliar na composição de uma atuação mais estruturada, dinâmica, participativa e que tenha, na figura central do trabalhador, um elo de ligação e relacionamento entre as metas operacionais e as perspectivas de realização dos trabalhadores, incentivando, assim, a incorporação de uma cultura participativa em nossa sociedade e de uma administração mais substantiva. Por fim, aponta-se para atuações no terreno da pesquisa-ação como um potencial catalisador na implantação e ampliação das iniciativas em curso na área da Saúde do Trabalhador integradas à perspectiva da Negociação Coletiva.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/61836
Arquivos Descrição Formato
000866535.pdf (545.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.