Repositório Digital

A- A A+

Máquinas, conexões e saberes : as práticas de "inclusão digital" em famílias de grupos populares

.

Máquinas, conexões e saberes : as práticas de "inclusão digital" em famílias de grupos populares

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Máquinas, conexões e saberes : as práticas de "inclusão digital" em famílias de grupos populares
Autor Scalco, Lúcia Mury
Orientador Fonseca, Claudia Lee Williams
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social.
Assunto Antropologia social
Classes populares
Cultura popular
Etnografia
Inclusão digital
Porto Alegre (RS)
Redes sociais
[en] Digital inclusion
[en] Ethnography
[en] Low class
Resumo No Brasil, o consumo popular de equipamentos eletrônicos está em alta, sendo responsável pelo bom desempenho no setor. As razões são muitas para explicar esse fenômeno. A partir do estudo etnográfico em áreas periféricas de Porto Alegre/RS, procuramos acessar a lógica desses sujeitos em suas escolhas, motivações e sacrifícios para adquirir e manter em casa esse novo equipamento, que obviamente não se esgota na sua compra; é um processo continuum. Muitos são os desafios que surgem, principalmente para os adultos que não cresceram familiarizados com as chamadas TIC’s. É preciso além de aprender a mexer no computador, ligar-se a uma rede de instituições, bens e redes sociais, que oferecem não apenas serviços, mas sociabilidades. Acreditamos que esse fenômeno forneça à Antropologia questões pertinentes e instigantes, como a maneira que esses usuários usam, interpretam e operam os novos saberes em suas práticas cotidianas. Constatamos a existência de uma dinâmica complexa, em que sujeitos recorrem a caminhos formais e informais, acionando táticas, redes e laços pessoais para o acesso ao mundo digital. A aquisição de um computador pode ser considerada uma estratégia para alcançar status distintivos (e por que não cidadania?), construindo, assim, novos sujeitos e discursos dentro da sociedade de consumo.
Abstract In Brazil, the popular consumption of electronic equipments is rising, and it’s responsible for the good performance of this sector. The reasons to explain this phenomenon are many. From the ethnographic study of peripheral areas of Porto Alegre/RS, we try to access the logic of this subjects on their choices, motivations and sacrifices to purchase and maintain at home this new equipment, that obviously doesn’t conclude on its acquisition; its a continuous process. There are many challenges that arise, especially to the adults that didn’t grow up familiarized with the so called CITs (Communication and Information Technologies). It is necessary, besides learning how to use on the computer, to connect with a net of institutions, goods and social nets, that can offer anthropology some pertinent and riveting questions, like the way this users use, interpret and operate this new knowledge on their routine practices. We verified the existence of a complex dynamics, where the subjects appeal to informal and formal paths, putting in action tactics, nets and personal ties to the access of a digital world. The acquisition of a computer can be considered a strategy to reach distinctive status (and why not citizenship?), thus building new subjects and speeches inside the consumption society.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/62026
Arquivos Descrição Formato
000867574.pdf (5.225Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.