Repositório Digital

A- A A+

Os sentidos da escola na atualidade : narrativas de docentes e de estudantes da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre

.

Os sentidos da escola na atualidade : narrativas de docentes e de estudantes da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os sentidos da escola na atualidade : narrativas de docentes e de estudantes da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre
Autor Silva, Lisandra Oliveira e
Orientador Molina Neto, Vicente
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Ensino fundamental
Escolas
Estudantes
Prática pedagógica
[en] Elementary Education
[en] Municipal Net of Education of Porto Alegre
[en] Physical Education
[en] School
[en] Students
[en] Teachers
Resumo Considerando o contexto atual dos processos de mudanças históricossociais que envolve a escola e a comunidade escolar e que gera efeitos na vida da escola e nas relações que nela acontecem, realizei esta Tese por meio da escuta e da compreensão dos sentidos construídos sobre a escola a partir das narrativas de dois grupos: o professorado, representado por docentes de Educação Física; e os estudantes, representado por jovens matriculados no Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre e que frequentam as aulas de Educação Física nas escolas. A Tese foi orientada pelo seguinte problema de conhecimento: Na atualidade, quais sentidos são conferidos à escola e à Educação Física pelo professorado dessa área de conhecimento e pelos estudantes do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre? Servindo‐me de observações participantes, de registros em diário de campo, de entrevistas e de análise de documentos, como opções teórico‐metodológicas, construí e aprofundei conhecimentos sobre os sentidos da escola a partir da perspectiva dos sujeitos que a constituem cotidianamente, nesse caso, sete docentes e doze estudantes. Assim, a partir das interpretações, dos argumentos e das narrativas de docentes e estudantes, foi possível construir as seguintes categorias interpretativas: (1) Escola e as relações com o conhecimento; (2) Escola e Educação Física; (3) Escola e os desafios vividos pelos colaboradores no seu cotidiano na atualidade, (4) Escola, mudanças e projetos; e (5) Pensar o sentido da escola é pensar o sentido da vida. Foi possível perceber que os sentidos conferidos à escola na perspectiva dos estudantes podem ser considerados em três esferas: a escola como espaço para aprender cada vez mais; a escola que ajuda no futuro; a escola que possibilita escolhas e ajuda em seus projetos de vida. As aprendizagens construídas nas aulas de Educação Física e os sentidos conferidos pelos estudantes a esse componente curricular podem ser assim sintetizados: (1) práticas corporais e esportivas, (2) respeito, apoio e superação, (3) momento de liberdade do corpo, (4) saúde e possibilidade de cuidar do corpo, (5) lazer e a construção desse espaço no interior da escola e na comunidade. Para os docentes, os sentidos conferidos à escola e à Educação Física são múltiplos e estão pautados nas experiências e reflexões realizadas a partir de sua prática pedagógica e do que é possível realizarem nessas aulas; nos processos formativos; em suas histórias de vida; dentre outros elementos constitutivos da docência. A escola entendida como uma instituição educadora e assistencialista; um dos locais de construção de conhecimento; que possibilite a transformação da sociedade e a formação de estudantes críticos e reflexivos; que possibilite trabalhar de forma coletiva e interdisciplinar; que equilibre o conhecimento historicamente acumulado pela humanidade com a realidade vivida pelos estudantes, foram algumas das significações conferidas pelos docentes. É possível pensar que a Educação Física escolar vem constituindo‐se componente curricular na escola, sendo percebida como um espaço capaz de insuflar discussões que sugerem uma busca de sentido, outrora preenchido pela atividade física e a prática hegemônica do esporte. Foi possível entender que o desafio humano de educar e participar do processo de formação e desenvolvimento de sujeitos – mediado pela construção de relações sociais – parece estar na pauta de uma prática social continuamente incompleta, inconclusa, dada a dimensão do inacabamento humano e as contingências da vida.
Abstract Taking into consideration the current context of historical social changing processes which involves the school and the school community and that generates effects in school life and relationships that happens there, I have realized this thesis through listening and understanding the meanings constructed about the school from narratives of two groups: teachers, represented by physical education teachers, and students, represented by youth enrolled in Elementary Education from the Municipal Net of Education of Porto Alegre and who attended to physical education classes in schools. The thesis was guided by the following problem of knowledge: At the present, what meanings are given to the school and Physical Education teachers in this area of knowledge and by elementary schoo’sl students from Municipal Net of Education of Porto Alegre? Using of participant observations, field records in a diary, interviews and documentation review, such as theoretical and methodological options, I’ve built and deepened knowledge about the meanings of the school from the perspective of the individuals that constitute daily, in this case, seven teachers and twelve students. Thus, from the interpretations of the arguments and narratives of teachers and students, it was possible to construct the following interpretive categories: (1) School and relations with the knowledge, (2) School and Physical Education (3) School and challenges experienced by employees in their daily lives nowadays, (4) School, changes and projects, and (5) Thinking the meaning of the school is thinking about the meaning of life. It could be observed that the directions given to the school from the perspective of students can be considered in three spheres: the school as a place to learn more and more, the school as an auxiliary for the future, enabling choices school provides and help in their life’s project. The learning constructed in Physical Education lessons and meanings conferred by the students in this curriculum component can be summarized as follows: (1) physical and sporting practices, (2) respect, support and overcoming, (3) time of freedom for the body, (4) health and possibility to care the body, (5) leisure and construction of this space within the school and community. For teachers, the meanings conferred to school and physical education are multiple and are graded on the experiences and reflections from their teaching practice and what you can accomplish these classes, the training processes and in their life histories, among other elements constitutive of teaching. The school understood as an educational institution and welfare, one of the construction sites of knowledge, allowing transformation of society and the formation of critical and reflective students, enabling work collectively and interdisciplinary, historically that balances the knowledge accumulated by mankind with the reality experienced by the students, were some of the meanings conferred by teachers. It is possible to think that Physical Education is a curricular component constituting at school, being perceived as a space capable of inflating discussions suggest that a search for meaning, once populated by physical activity and hegemonic practice of sports. It could be understood that the human challenge to educate and participate in the process of formation and development of subjects – mediated by the construction of social relations – seems to be on the agenda of a social practice continually incomplete, unfinished, given the size of human incompleteness and the contingencies of life.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/63137
Arquivos Descrição Formato
000869803.pdf (1.981Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.