Repositório Digital

A- A A+

Integração de informação e reativação da memória : impacto positivo de uma intervenção cognitivo-motora em bebês

.

Integração de informação e reativação da memória : impacto positivo de uma intervenção cognitivo-motora em bebês

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Integração de informação e reativação da memória : impacto positivo de uma intervenção cognitivo-motora em bebês
Outro título Information integration and memory reactivation : the positive effects of a cognitive-motor intervention in babies
Autor Almeida, Carla Skilhan de
Valentini, Nadia Cristina
Resumo Objetivo: Investigar os efeitos de uma intervenção cognitivo-motora na integração de informação e reativação da memória de bebês. Métodos: Participaram do estudo 40 bebês de seis a oito meses de idade, nascidos a termo e matriculados em creches, permanecendo nelas sete horas por dia com relação educador/bebê de 1/6, provenientes de famílias numerosas e de baixa renda que não participavam de programas interventivos. Uma intervenção cognitivo-motora foi propiciada ao Grupo Interventivo com atividades de perseguição visual, manipulação de brinquedo e controle postural. Para o Grupo Controle, nenhuma intervenção foi propiciada. As atividades da rotina da creche foram mantidas para os dois grupos. Três atividades de manipulação foram avaliadas no início do programa, um mês depois (retenção) e três dias após a retenção. Para a análise dos dados, foram utilizados o teste do qui-quadrado com correção de Yates, o teste exato de Fisher e o de Cochran. Resultados: O Grupo Interventivo demonstrou desempenho significativamente superior ao Grupo Controle em evocar informações da memória na retenção e pós-retenção em duas atividades. Mudanças significativas e positivas também foram observadas para o Grupo Interventivo no fator tempo. Os bebês mais velhos do Grupo Interventivo demonstraram melhor capacidade de evocar informação em relação aos mais jovens. Essa tendência não foi observada para o Grupo Controle. Conclusões: Para potencializar o desenvolvimento global de bebês, as intervenções deveriam ser organizadas implementando tarefas diversificadas com intervalos de aprendizagem apropriados, os quais levem em consideração a capacidade dos bebês de manterem a informação e integrarem essa informação a novos desafios.
Abstract Objective: To investigate the effects of a cognitive-motor intervention in the information integration and memory reactivation of babies. Methods: The participants were 40 babies, aged between six to eight months, born full term, adapted to day care centers and staying there for seven hours per day. In the day care center, the ratio caregiver/baby was 1/6. The patients belong to low income’ large families and they did not participate in intervention programs. A cognitive-motor intervention was provided to the Intervention Group using visual tracking, toy manipulation and postural control activities. No intervention was provided to the Control Group. The day care routine activities were maintained for both groups. Three manipulation activities were assessed in the beginning of the program, after a month (retention) and three days after retention. Statistical analysis applied the chi-square with Yates correction, Fisher exact test and Cochran test. Results: The Intervention Group showed a significantly superior performance when compared to the Control Group in the retrieval of memory information, both at retention and post-retention tests. Significant and positive changes were also observed for the Intervention Group in the time factor. The older babies in the Intervention Group showed a better capacity to evocate information compared to the youngest ones. This trend was not observed for the Control Group. Conclusions: In order to nourish a baby’s global development, interventions should be organized implementing tasks with diversity and appropriate learning intervals, which take into consideration the babies’ capacity to maintain the information and to integrate them to new challenges.
Contido em Revista Paulista de Pediatria. São Paulo: Medpress, 2010. Vol. 28, n. 1 (2010), p. 15-22.
Assunto Desenvolvimento infantil
Fisioterapia
Memória
[en] Child development
[en] Memory
[en] Physical therapy
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/67056
Arquivos Descrição Formato
000850983.pdf (1.169Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.