Repositório Digital

A- A A+

Opióides no manejo da dor : uso correto ou subestimado? : dados de um hospital universitário

.

Opióides no manejo da dor : uso correto ou subestimado? : dados de um hospital universitário

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Opióides no manejo da dor : uso correto ou subestimado? : dados de um hospital universitário
Outro título Opiates in pain management : correct or underestimate use? Data from a university hospital
Autor Daudt, Alexander Welaussen
Hadlich, E.
Facin, R.M.S.
Aprato, Renan Marcelo dos Santos
Pereira, Renata Pires
Resumo OBJETIVO. O uso de opióides, principalmente no tratamento da dor intensa aguda (pacientes no pós-operatório) e da dor crônica em pacientes oncológicos, tem sido subestimado na prática clínica em geral. Este trabalho tem o objetivo de verificar o perfil de prescrição de opióides (meperidina e morfina) no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS. MATERIAIS E MÉTODOS. Análise da conduta das equipes médicas, pela revisão de 1.107 prescrições, relativas a 445 pacientes internados no HCPA, entre 20 de maio e 20 de julho de 1993. Os parâmetros básicos de análise, para conduta, incluíam: padrão de uso, a dose do fármaco, intervalo entre doses e analgésicos simultâneos. DISCUSSÃO E RESULTADOS. Foram encontradas apenas 6,5% de prescrições consideradas adequadas em relação aos parâmetros dose, intervalo e padrão, analisados conjuntamente. O padrão se necessário foi responsável por 74% do total de prescrições. CONCLUSÕES. Os resultados obtidos durante a realização do trabalho permitem-nos concluir que não há um manejo adequado da dor, tanto aguda como crônica, nos pacientes internados no HCPA.
Abstract OBJECTIVE. Opiates use, mainly in the treatment of acute intense pain (post-surgical patients) and chronic pain in oncologic patients has been usually underestimated in general clinical practice. This paper has the objective to assess the pattern of opiates use (Meperidin and Morphine), that is being used in Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Rio Grande do Sul (Brazil). MATERIAL AND METHOD. Medical teams prescriptions were analyzed using the following parameters: pattern of use, dose, interval and the use of concomitant analgesics. 1,107 prescriptions were analyzed, related to 445 inpatients, in the period from May to July of 1993. RESULTS AND DISCUSSION. Only 6.5% of all prescriptions were considered correct. The pattern if necessary was responsible for 74% of all prescriptions. CONCLUSIONS. Pain, either acute or chronic, is not being adequately managed in our hospital.
Contido em Revista da Associação Médica Brasileira. São Paulo. Vol. 44, n. 2 (abr./jun. 1998), p. 106-10
Assunto Analgésicos opióides : Administração e dosagem
Analgesicos opióides : Uso terapêutico
Hospitais universitários
Prescrições de medicamentos
[en] Meperidin
[en] Morphine
[en] Opiates
[en] Pain
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/67318
Arquivos Descrição Formato
000164535.pdf (35.75Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.