Repositório Digital

A- A A+

Puebleros e fronteiriços, cuentos e contos de um pampa transfigurado

.

Puebleros e fronteiriços, cuentos e contos de um pampa transfigurado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Puebleros e fronteiriços, cuentos e contos de um pampa transfigurado
Autor Resende, Fabiane de Oliveira
Orientador Bittencourt, Gilda Neves da Silva
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Conto
Critica e interpretacao
Faraco, Sérgio, 1940-
García Schlee, Aldyr
Identidade e representação
Literatura brasileira
Literatura comparada
Literatura sul-rio-grandense
Literatura uruguaia
Pampa, Região
Porta, Eliseo Salvador, 1911-1971
Schlee, Aldyr Garcia, 1934-
[en] Border storytellers
[en] Cuentistas puebleros
[en] Gaucho
[en] The Pampas
Resumo O espaço pampiano é ponto de partida para uma investigação que pretenda trabalhar com questões identitárias no Rio Grande do Sul e no Prata. Sendo assim, o presente estudo recorre a outros, preocupados com o desenvolvimento do topo pampa na história da literatura sul-rio-grandense e rio-pratense e com tópicos concernentes à formação histórica das fronteiras pampianas. Com isso, visa traçar um breve panorama diacrônico, ficcional e crítico, que permita situar a contística dos quatro autores integrantes do presente corpus: os uruguaios Eliseo Salvador Porta e Juan Capagorry, e os brasileiros Sergio Faraco e Aldyr Garcia Schlee, na contemporaneidade do processo de construção identitária humana e espacial, com suas respectivas forças orientadoras. Serão procedidas as leituras individuais dos contistas selecionados a fim de que, na sequência, possam ser cruzadas em suas aproximações e divergências, no que se refere à representação do homem e do espaço pampiano, às relações estabelecidas entre ambos e, ainda, em que medida tais propostas dialogam com a tradição.
Abstract The Pampas is the starting point for any investigation which aims at working on issues related to identity in Rio Grande do Sul (RS) state, in the south of Brazil, and in the Prata region. Therefore, this study reviews others that are also concerned with the development of the theme pampa in the history of the literature in the south of RS and in the Prata region and with other issues related to the historical formation of the borders in the Pampas. It aims at outlining a diachronic, fictional and critical view which can place four storytellers – the Uruguayan Eliseo Salvador Porta and Juan Capagorry and the Brazilian Sergio Faraco and Aldyr Garcia Schlee – in the contemporaneity of the process of human and spatial identity construction, with their respective guiding forces. Their tales were read individually so that, afterwards, approximations and divergences regarding the representation of men and the Pampas, the relations between both and the connections between these proposals and tradition could be found among the authors.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/67505
Arquivos Descrição Formato
000873316.pdf (939.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.