Repositório Digital

A- A A+

A madre fundadora e os livros : santidade e cultura escrita no "siglo de oro" espanhol

.

A madre fundadora e os livros : santidade e cultura escrita no "siglo de oro" espanhol

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A madre fundadora e os livros : santidade e cultura escrita no "siglo de oro" espanhol
Autor Santos, Luciana Lopes dos
Orientador Neumann, Eduardo Santos
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto Canonização (Religião)
Cultura
Cultura e religião
Escrita
Espanha
Hagiografia
Igreja católica
Santos
Teresa de Ávila, Santa, 1515-1582.
Resumo Esta tese tem como assunto as mudanças nas concepções sobre a santidade no início da Idade Moderna e como os depoimentos dos Processos de Beatificação de Teresa de Jesus (que viveu entre 1515 e 1582, mas cujos inquéritos foram realizados entre 1590 e 1610) foram importantes e, de certa forma, canalizaram a construção de conhecimento a respeito de sua figura. A investigação tem três objetivos principais: observar os Processos de Beatificação e Canonização de Santa Teresa de Jesus como uma fonte para a História Social da Cultura Escrita, apresentando tal documento a partir de suas características materiais e de sua relação com os personagens que o construíram; compreender a circulação dos escritos de Santa Teresa entre as irmãs carmelitas descalças, a importância destas primeiras leitoras para a difusão das obras teresianas e como principais testemunhas dos processos; investigar a relação entre os escritos teresianos e a memória da escritora, considerando a ligação com os letrados, o incentivo dado pela Madre à cultura escrita nos novos conventos e as disputas por sua memória no seio da Ordem do Carmelo Descalço. A pesquisa foi realizada a partir da análise de fontes originais e de algumas cópias dos processos que precederam a canonização de Santa Teresa, assim como de fontes bibliográficas diversas. Teresa de Jesus teve sua santidade reconhecida, principalmente, por seus escritos. Talvez mais do que os milagres descritos nas fontes, as obras teresianas foram utilizadas como prova de sua santidade e, portanto, determinantes para que a canonização fosse aceita pela Igreja Católica.
Resumen Esta tesis tiene como asunto los cambios en las concepciones sobre la santidad en los inicios de la Edad Moderna y como las declaraciones de los Procesos de Beatificación de Teresa de Jesús (que vivió entre 1515 y 1582, pero cuyas deposiciones fueran realizadas desde 1590 hasta 1610) fueran importantes y, de cierta forma, canalizaran la construcción del conocimiento a respecto de su figura. La investigación tiene tres objetivos principales: observar los Procesos de Beatificación y Canonización de Santa Teresa de Jesús como una fuente para la Historia Social de la Cultura Escrita, presentándolo a partir de sus características materiales y de su relación con los personajes que lo construyeran; comprender la circulación de los escritos de Santa Teresa entre las hermanas carmelitas descalzas, la importancia de estas primeras lectoras para la difusión de las obras teresianas y como principales testigos de los procesos; investigar la relación entre los escritos teresianos y la memoria de la escritora, considerando el trato con los letrados, el incentivo dado por la Madre a la cultura escrita en los nuevos conventos y las disputas por su memoria en el seno de la Orden del Carmen Descalzo. La pesquisa fue realizada a partir del análisis de fuentes originales y de algunas copias de los procesos que precedieran a la canonización de Santa Teresa, así como de fuentes bibliográficas diversas. Teresa de Jesús tuvo su santidad reconocida, especialmente, por sus escritos. Tal vez más que de los milagros descritos en las fuentes, las obras teresianas fueran utilizadas como prueba de su santidad y, por tanto, determinantes para que la canonización fuera acepta por la Iglesia Católica.
Abstract This thesis has as subject the changes of the conceptions of holiness in the Early Modern period and how the Process of Beatification of Teresa of Jesus’ (who lived between 1515 and 1582, but whose surveys were conducted between 1590 and 1610) testimonies were important and, somehow, canalized the construction of knowledge about her figure. The research has three main objectives: to observe the Process of Beatification and Canonization of St. Teresa of Jesus as a source for the Social History of Written Culture, presenting such a document from their material characteristics and their relationship with the characters who built it; to understand the circulation of the writings of St. Teresa among the Discalced Carmelite nuns, the importance of these first readers for the dissemination of Teresian works and as principal witnesses of the processes; to investigate the relationship between the Teresian writings and the memory of the writer, considering the connection with the “letrados”, the encouragement given by Mother Teresa to the written culture in the new convents and the disputes of his memory within the Order of Discalced Carmelites. The survey was conducted through the analysis of original documentation and copies of some of the processes that preceded the canonization of St. Teresa, as well as various bibliography sources. Teresa of Jesus had her holiness recognized primarily for his writings. Perhaps more than the miracles described in the sources, the Teresian works were used as evidence of his sanctity, and therefore was crucial for the accept of her canonization by the Catholic Church.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/69787
Arquivos Descrição Formato
000873605.pdf (6.430Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.