Repositório Digital

A- A A+

Demanda em Fonoaudiologia em um serviço público municipal da região Sul do Brasil

.

Demanda em Fonoaudiologia em um serviço público municipal da região Sul do Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Demanda em Fonoaudiologia em um serviço público municipal da região Sul do Brasil
Outro título Demand in speech-language pathology and audiology in a public service in the South Region of Brazil
Autor Diniz, Roseris Denicol
Bordin, Ronaldo
Resumo Objetivo: Caracterizar a demanda encaminhada a um Serviço de Fonoaudiologia de Centro de Saúde, no biênio 2006/2007. Mé¬todos: Estudo de demanda, transversal, utilizando-se o banco de dados do referido serviço e o registro de prontuários. A partir da coleta de dados no banco de dados do serviço obtiveram-se as seguintes variáveis: gênero, idade e origem do encaminhamento. Nos prontuários foram codificados os motivos da consulta (queixa inicial) e a hipótese diagnóstica. Resultados: Do total de atendimentos registrados (n=243), houve predomínio do gênero masculino (65%), da faixa etária de seis aos 12 anos (52,3%), com encaminhamento por médico pediatra (35,8%), queixa de alteração de fala (67,8%) e hipótese diagnóstica de desvio fonético (28,4%); 37 prontuários (15,2%) não apresentavam indicação para tratamento e 31 (12,8%) não registravam hipótese diagnóstica. Conclusão: É necessário um maior investimento no planejamento de ações em saúde fonoaudiológica, visando que as alterações de fala diminuam a médio e longo prazo, assim como as listas de espera para tal especialidade, e que os registros em prontuários e encaminhamentos para esta área ocorram de forma mais qualificada.
Abstract Purpose: To characterize the demand referred to the Speech-Language Pathology and Audiology Service of a Primary Healthcare Center, in the period of 2006/2007. Methods: A transversal report study was carried out using databases and the files of the aforemen¬tioned service. From the databases, the following variables were obtained: gender, age and origin of reference. From the patients’ files, we obtained data about the initial complaint and the diagnostic hypothesis. Results: From the total number of registries (n=243), the majority regarded male patients (65%), with ages from six to 12 years (52.3%), referred by the pediatrician (35.3%), with complaints of speech disorders (67.8%) and diagnostic hypothesis of phonetic deviation (28.4%); 37 files (15.2%) had no treatment indication, and 31 (12.8%) did not register a diagnostic hypothesis. Conclusion: More investments on planning speech-language pathology health actions are necessary, in order to obtain medium to long-term decrease of speech disorders, as well as the waiting lists for this specialty, and for the records of the files and referrals to be more appropriate.
Contido em Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. São Paulo. Vol. 16, n. 2 (abr./jun. 2011), p. 126-131
Assunto Brasil
Fonoaudiologia
Serviços de saúde
[en] Epidemiology
[en] Health management
[en] Health sciences
[en] Health services needs and demand
[en] Public health
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/69944
Arquivos Descrição Formato
000829773.pdf (177.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.