Repositório Digital

A- A A+

Evisceração : análise de 126 procedimentos realizados no setor de plástica ocular do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre entre 1988 e 2002

.

Evisceração : análise de 126 procedimentos realizados no setor de plástica ocular do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre entre 1988 e 2002

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Evisceração : análise de 126 procedimentos realizados no setor de plástica ocular do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre entre 1988 e 2002
Outro título Evisceration : retrospective analysis of the 126 files from the Setor de Plástica Ocular do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre - Brazil from 1988 to 2002
Autor Lovato, Fernanda Verçosa
Tonietto, Ana Paula
Mason, Eduardo Marques
Fortes Filho, João Borges
Resumo Objetivo: Levantar os aspectos clínicos, a faixa etária e o sexo de todos os pacientes submetidos a procedimento cirúrgico de evisceração que foram atendidos no setor de plástica ocular do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre, no período entre 1988 até 2002. Métodos: Estudo de prevalência retrospectivo com revisão de prontuários dos pacientes submetidos à evisceração no período citado para determinar a doença primária que gerou a indicação cirúrgica, bem como a faixa etária e o sexo neste grupo de pacientes. Resultados: Entre os 126 casos estudados, 42,85% dos pacientes foram eviscerados devido a um trauma prévio (trauma = causa mais freqüente), 22,22% dos casos foram eviscerados por phithisis bulbi que foi a segunda causa mais comum encontrada. Outras causas menos freqüentes de evisceração foram úlceras de córnea e microftalmia. Os pacientes com maior média de idade foram os que tinham glaucoma neovascular e os mais jovens os que tinham microftalmia. Conclusão: A causa mais freqüente de indicação de evisceração no setor de plástica ocular do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre foi o trauma, que acometeu preferencialmente homens com média de idade de 30 anos, ao contrário do encontrado na literatura. Em segundo lugar os pacientes que chegaram ao serviço com olhos atróficos, nesse grupo as mulheres tinham média de idade mais alta, 44 anos. O glaucoma congênito foi a terceira causa que, da mesma forma que o trauma, foi mais freqüente em homens e, em quarto lugar, o glaucoma neovascular que incidiu mais em mulheres, estas também de maior faixa etária. A quinta causa de indicação para evisceração foi a endoftalmite refratária ao tratamento seguida pelas úlceras corneanas e microftalmia.
Abstract Purposes: This paper describes the results of a retrospective analysis of the 126 files from the Setor de Plástica Ocular do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre corresponding to all the patients who underwent evisceration of the ocular bulb from 1988 to 2002. Methods: Prevalence study of 126 historic cases to determinate the primary pathology which lead to the surgical indication as well as the age and sex of all the patients. The revision of 126 files of patients submitted to evisceration procedure was accomplished during the period ranging from 1988 to 2002. Results: Among the 126 cases, 42,85% of patients who had their eyes eviscerated due to previous trauma. Phithisis bulbi was the second cause of evisceration with 22,22% of cases, whereas the least prevalent causes of evisceration were corneal ulcer and microphthalmos. The older patients were the ones suffering from neovascular glaucoma and the younger ones suffered from microphthalmos. Conclusion:The most frequent cause of indication of evisceration in setor de plástica ocular do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre was trauma, which involved specially males with mean age of 30 years old, the opposite to that found in the literature. In the second place were the patients with atrophic eyes. Among this group, women had a higher average of age that was 44 years old. The congenital glaucoma was the third cause which, as the trauma, was more frequent in men and in fourth place the neovascular glaucoma that occurred more in women, these ones also older. The fifth cause of indication of evisceration was the non-responding-to-treatment endophthalmits followed by corneal ulcerations and.
Contido em Revista brasileira de oftalmologia. Rio de Janeiro. Vol. 64, n.4 (jul./ago. 2005), p. 257-261
Assunto Evisceração do olho
Glaucoma
Microftalmia
Porto Alegre (RS)
[en] Brazil
[en] Eye banks
[en] Eye evisceration
[en] Glaucoma, neovascular
[en] Glaucoma/congenital
[en] Microphthalmos
[en] Ophthalmologic surgical procedures
[en] Retrospective studies
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/71728
Arquivos Descrição Formato
000599026.pdf (92.75Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.