Repositório Digital

A- A A+

Educação ambiental: uma reflexão sobre a gestão dos resíduos sólidos do Pronto Atendimento Municipal de Santa Maria, RS

.

Educação ambiental: uma reflexão sobre a gestão dos resíduos sólidos do Pronto Atendimento Municipal de Santa Maria, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Educação ambiental: uma reflexão sobre a gestão dos resíduos sólidos do Pronto Atendimento Municipal de Santa Maria, RS
Autor Oliveira, Carmen Flores
Orientador Marcolino, José Manuel
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Gestão Municipal UAB.
Assunto Educação ambiental
Gestão de resíduos
Resíduos sólidos
Serviços de saúde
Resumo A gestão dos resíduos produzidos pelos serviços de saúde, apesar de representarem uma pequena parcela do total de dejetos sólidos produzidos em uma comunidade, são importantes na medida em que interfere na saúde pública e afetam o meio ambiente. A adoção de condutas seguras em todas as fases do processamento dos resíduos sólidos de serviço de saúde desde o manuseio, o acondicionamento, o armazenamento, o transporte e a disposição final, poderá evitar riscos de acidentes, reduzindo, dessa forma, o impacto ambiental. No presente estudo procurou-se identificar o sistema de gestão dos resíduos do serviço de saúde praticado no Pronto Atendimento Municipal da cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. A gestão adequada dos resíduos sólidos de serviços de saúde é preocupação de quem trabalha no Pronto Atendimento Municipal? Essa preocupação se traduz no cumprimento do Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde - PGRSS do Pronto Atendimento? Como objetivo geral desse estudo, buscou-se trazer uma reflexão acerca da educação ambiental pelo viés da gestão, por entender que essa responsabilidade compartilhada contribui na diminuição dos custos sociais decorrentes do tratamento dos resíduos. Diante do que foi observado e discutido, pode-se concluir que os geradores de resíduos dos serviços de saúde têm responsabilidades com o meio ambiente e com a população. O Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde – PGRSS, do Pronto Atendimento Municipal tem como principal objetivo atender e melhorar as medidas de segurança e higiene no ambiente que presta atendimento de saúde; contribuir para o controle de infecção hospitalar e acidentes ocupacionais; proteger a saúde e o meio ambiente; reduzir o volume e a massa de resíduos contaminados; restabelecer procedimentos adequados para o manejo de cada grupo e estimular a reciclagem dos resíduos comuns não contaminados. Além disso, a destinação final dos RSS do Pronto Atendimento Municipal esta recebendo tratamento adequado por parte da empresa contratada para tal finalidade.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/71852
Arquivos Descrição Formato
000873307.pdf (373.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.