Repositório Digital

A- A A+

Dativos e objetos diretos : afetação e incrementalidade

.

Dativos e objetos diretos : afetação e incrementalidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dativos e objetos diretos : afetação e incrementalidade
Autor Soares, Eduardo Correa
Orientador Menuzzi, Sérgio de Moura
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Estudos da linguagem
Gramática
Morfologia
Semântica lexical
[en] Afectedness
[en] Datives
[en] Incrementality
[en] Lexical semantics
Resumo Este trabalho estuda a caracterizacao semântica dos argumentos dativos. Entendemos como “dativos” NPs que sao o primeiro objeto de construcões de duplo objeto (como, p. ex., John gave Mary a book “Joao deu um livro para Maria”), certos cliticos pronominais (como, p. ex., Maria me deu o livro) e NPs com marcacao morfologica de caso (como, p. ex., Hann gaf mér bókina “Ele me deu o livro”). Essencialmente, propõe-se, neste trabalho, que dativos sejam argumentos que estao envolvidos em eventos em que sao afetados. Iniciamos esse estudo a partir das caracterizacões tradicionais de argumentos dativos, de acordo com as quais essa seria uma funcao sintatica talhada para expressar o “possuidor” em um evento que envolve mudanca (potencial) de posse. Examinamos, com detalhe, as propostas feitas para dar conta da alternância dativa do inglês – principalmente, a conhecida restricao o “possuidor prospectivo” – e como essas propostas poderiam ser estendidas para cobrir os dados do português brasileiro. Essa proposta implica que, se o dativo é possuidor, o objeto direto deve ser o argumento possuido, descrevendo assim a relacao entre esses dois argumentos e os caracterizando. Levantamos, em seguida, algumas dificuldades para essas abordagens, mostrando, entre outros problemas, que muitos verbos que tomam argumentos dativos nao envolvem “posse”. Tendo mostrado que a abordagem baseada em posse falha em predizer quais verbos tomam dativos, buscamos uma caracterizacao semântica alternativa desses argumentos, procurando estabelecer uma comparacao dessa posicao sintatica com os objetos diretos. Apresentamos uma hipotese pouco explorada para o inglês, mas que parece ter respaldo translinguistico, de que dativos expressariam argumentos afetados. Essa proposta é criticada por alguns autores, pois “afetacao” parece ser um conceito difuso. Por isso, muitas vezes se diz que esta nao é uma nocao que possa ser empregada para cobrir classes coerentes de fenômenos, sendo substituida por outros conceitos, vistos como mais relevantes. Tomamos um caminho diferente desses trabalhos: a partir de uma semântica baseada na teoria de “reticulados”, buscamos articular o conceito de “afetacao” com outros geralmente empregados no estudo da semântica lexical dos verbos por meio de uma hierarquia implicacional. Assim, propomos que afetacao, mudanca, movimento, incrementalidade, “entrada” e “saida” de existência, afetacao psicologica, benefaccao e malefaccao sejam conceitos inter-relacionados, que estao em jogo na realizacao de argumentos. À luz dessa teoria, baseada na hierarquia implicacional que estabelece “graus” de afetacao, capturamos as observacões tradicionais sobre os dativos do inglês e as nossas observacões anteriormente levantadas sobre os dados do português brasileiro, bem como os dados que nao tinham uma explicacao natural em abordagens prévias. Nossa proposta, ainda, faz predicões a respeito da distribuicao de NPs com dativo marcado morfologicamente.
Abstract This work aims to discuss the semantic characterization of dative arguments. We take “dative” to be NPs that are the first direct object in double object contructions (e.g., John gave Mary a book), some clitic pronouns (for example, Maria me deu o livro “Maria gave me the book”) and morphologically case-marked NPs (for instance, Hann gaf mér bókina “He gave me the book”). Mainly, we propose datives are arguments that are involved in events in which they are affected. We start this study from the classical accounts of dative arguments, according to which this syntactic function is suitable to express the possessor in an event of “(potential) change of possession”. We examine in detail the proposal regarding English dative alternation – mainly the so-called “prospective possessor” constraint – and how it could be extended to account for data from Brazilian Portuguese. This proposal implicates that, if the dative is the “possessor”, the direct object must be the possessed argument, describing, thus, the relationship between these two arguments and characterizing them. We point out some difficulties for these approaches, showing among other problems that some verbs that can take a dative do not involve change of possession. After showing that the possession-based approach fails to correctly predict the verbs which take dative arguments, we attempt to find an alternative semantic characterization of datives, establishing a comparison between this syntactic function and direct objects. We present an underexplored hypothesis for English, which seems to be supported by cross linguistic data, according to which datives express affected arguments. This proposal is criticized by some authors since “affectedness” seems to be a diffuse notion, which would not be useful to account for coherent classes of phenomena. Therefore, “affectedness” is usually replaced by other notions considered more relevant to argument realization. We take a different way from these works: based on a “lattice” theory, we attempt to articulate the concept of “affectedness” with other notions generally used by lexical semantic researches by means of an implicational hierarchy. As a result, we propose that “affectedness”, change, motion, incrementallity, “coming” and “letting” to exist, psych “affectedness”, benefaction and malefaction are interrelated concepts, which are involved in argument realization patterns. In the light of this theory, based on an implicacional hierarchy of “degrees” of affectedness, we account for the standard observations about English double object construction and our previous observations about data from Brazilian Portuguese. Moreover, our proposal makes additional predictions regarding the distribution of morphologically casemarked datives.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/71938
Arquivos Descrição Formato
000880141.pdf (1.356Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.