Repositório Digital

A- A A+

Efeito da administração da L-serina sobre alguns parâmetros de estresse oxidativo e de metabolismo energético em ratos jovens

.

Efeito da administração da L-serina sobre alguns parâmetros de estresse oxidativo e de metabolismo energético em ratos jovens

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito da administração da L-serina sobre alguns parâmetros de estresse oxidativo e de metabolismo energético em ratos jovens
Autor Bonorino, Narielle Ferner
Orientador Wannmacher, Clovis Milton Duval
Co-orientador Gemelli, Tanise
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Curso de Biomedicina.
Assunto Córtex cerebral
Estresse oxidativo
Metabolismo energetico
Serina
Resumo A deficiência da enzima 3-fosfoglicerato desidrogenase (PGDH) é um erro inato do metabolismo, que tem como principal manifestação bioquímica a baixa concentração de L-serina no plasma e fluido cerebroespinhal, resultando no desequilíbrio deste aminoácido que é um importante precursor de uma série de outros compostos como D-serina, glicina, cisteína, esfingomielina, serinafosfolipídeos e cerebrosídeos. Indivíduos com essa desordem metabólica caracterizam-se por nascerem com microcefalia ou a desenvolverem rapidamente durante as três primeiras semanas pós-nascimento, com subseqüente retardo psicomotor, retardo no crescimento, e aparecimento de convulsões no primeiro ano de vida. O tratamento baseia-se na administração de altas doses de L-serina. Portanto, em virtude do escasso conhecimento sobre os efeitos colaterais que doses excessivas de determinados aminoácidos podem causar ao organismo, entre eles a L-serina, no presente trabalho foram investigados os efeitos da administração de L-serina em córtex cerebral de ratos Wistar jovens sobre alguns parâmetros de estresse oxidativo e metabolismo energético. Em relação aos parâmetros de estresse oxidativo avaliados, houve aumento na oxidação do conteúdo de 2’, 7’ diclorofluoresceína , na atividade da superóxido dismutase (SOD), na atividade da catalase (CAT), na presença de substâncias reativas de ácido tiobarbitúrico (TBARS), na glutationa (GSH) e no conteúdo total de sulfidrilas. Em relação às enzimas do metabolismo energético houve aumento significativo da atividade das enzimas adenilatoquinase (AK), creatinaquinase (CK) mitocondrial e citosólica, sem alteração da atividade da piruvatoquinas (PK). Portanto, estes resultados sugerem que a administração de L-serina deve ser realizada com cautela.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/72428
Arquivos Descrição Formato
000883698.pdf (534.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.