Repositório Digital

A- A A+

A saúde e seus cuidados em O Tempo e o Vento, de Erico Verissimo

.

A saúde e seus cuidados em O Tempo e o Vento, de Erico Verissimo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A saúde e seus cuidados em O Tempo e o Vento, de Erico Verissimo
Autor Pinheiro, Luciana Boose
Orientador Bordini, Maria da Glória
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto História da saúde
Historiografia
Literatura brasileira
Literatura e saúde
Literatura sul-rio-grandense
Narrativa historiográfica
Rio Grande do Sul
Veríssimo, Érico 1905-1975. O tempo e o vento
[en] Health
[en] Health history in Rio Grande do Sul
[en] Literature and health
[en] The time and the wind
Resumo A tese A Saúde e seus cuidados em O Tempo e o Vento, de Erico Verissimo aborda as relações entre literatura e saúde no que diz respeito à interação entre ficção e história. A história da saúde do Rio Grande do Sul ainda revela-se lacunar, ponto motivador para o desenvolvimento deste estudo, que tem como hipótese que a literatura, como representação ficcional, pode propor e interpretar processos de saúde e seus cuidados, o que, no caso de Verissimo, contribuiria para preencher pontos obscuros ou não tocados pelos historiadores da área. O objetivo principal é o de verificar como aspectos da temática da Saúde e seus cuidados são representados na trilogia verissimiana. Para isso, busca-se também: levantar as temáticas de saúde na trilogia; verificar a narrativa historiográfica atual sobre as práticas de saúde no Brasil e no Rio Grande do Sul; determinar como a narrativa ficcional verissimiana compõe a temática da saúde na organização da diegese; recorrer às teorias sobre história e ficção ricoeurianas a fim de poder confrontar as narrativas historiográfica e ficcional sobre saúde no Rio Grande do Sul com vistas a comprovar as hipóteses do estudo. Paul Ricoeur, em sua obra Tempo e Narrativa, discorre sobre as relações do ser com o tempo e sua forma de expressão, a narrativa, em seus dois maiores gêneros: a narrativa historiográfica e a narrativa de ficção. A partir do estudo das Confissões de Santo Agostinho e da Poética de Aristóteles, desenvolve a teoria da tríplice mímese, que envolve três momentos: o da mímese I, ou pré-figuração, diz respeito às vivências do sujeito no mundo, no entendimento do modo de agir humano; o da mímese II, ou configuração, consiste na imitação da ação pelo discurso; o de mímese III, ou refiguração, na intersecção do mundo do texto e do leitor pela leitura, em que se volta à mímese I através de mímese II. Para ele, somente a partir desses processos há a possibilidade de reconciliação do homem com as aporias do tempo. Nessa medida, é no movimento de leitura que há a intersecção entre as narrativas historiográfica e ficcional, de modo que a ficção se nutre da história e a história se nutre da ficção. A partir do estudo do fenômeno da tríplice mímese na obra, pode-se concluir que O Tempo e o Vento cumpre papel revelador ao leitor no que diz respeito às práticas de saúde do Rio Grande do Sul porque encerra um conjunto temporal que acompanha a origem e a formação da sua sociedade não só no âmbito social, histórico-político, mas também na história da saúde, na medida em que representa, por meio da construção da intriga, a história pública de saúde pelas personagens cuidadoras e a história privada pela narração das ações das personagens-pacientes e a representação de suas doenças, refigurando, na memória do leitor, as práticas de saúde vigentes em sua temporalidade, sua evolução e sua emancipação.
Abstract The PhD dissertation ‘Health condition and its care in The Time and the Wind by Erico Verissimo’ explores the connections between literature and health conditions, regarding the fiction-history interaction. The history of the state of Rio Grande do Sul is still partially unexplored, a motivating feature to the study hereby presented and to its hypothesis. Its motto is that literature, as form of fictional representation, is able to propose and interpret processes of health condition and its care, an aspect which in Verissimo’s literary work contributes to fulfill unclear or unexploited aspects in the field. The central goal is to verify in which ways aspects regarding health condition and its care are represented in the Verissimian trilogy. In order to do so, this research aims at covering the four following aspects: eliciting the health condition topics in the trilogy, verifying the contemporary historiographic narrative about health condition practices in Brazil, as well as in Rio Grande do Sul, determining in what ways the Verissimian fictional narrative makes up the health condition in the diegesis organization, and resorting to the Ricoeurian theories on history and fiction, in order to be able to confront the historiographic and fictional narratives on health condition in Rio Grande do Sul, so as to ascertain the hypotheses proposed to this study. Paul Ricoeur in its work Time and Narrative analyses the connections of the human being with time and its form of expression, the most striking narrative genre: the fictional narrative and the historiographic narrative. Ranging from Confessions by Saint Agostine and Poetics by Aristotle, the triple mimesis theory is encompasses three moments: the mimesis I or pre-figuration, which regards the human being’s experiences in the world in its comprehension of the ways of acting, the mimesis II, or configuration, which consists of the imitation of the action by the speech, and the mimesis III, or reconfiguration, in the intersection of the text and reader’s world through reading, which turns to mimesis I by means of mimesis II. According to Ricoeur, it is only through such processes that a possibility of reconciliation between man and time is possible. As such, the intersection between fictional and historiographic narrative finds its venue in the reading movement, in such way the history nurtures fiction and fiction nurtures history. Based upon the study of the triple mimesis at The Time and the Wind, it is possible to conclude that this literary work takes a revealing role to the reader in regards to health condition practices in Rio Grande do Sul. Such conclusion is derived from the fact the fictional work referred to encompasses a timely gathering which follows along the origin and development of its society, not only in the social, political-historical aspects but also in the history of health conditions. That outcome is based upon the assumption that the trilogy plot represents the public history of health conditions through the caretaker characters, as well as through the private history in the narratives of the patient characters and in the representations of their diseases, which refigure the health condition practices in their time, evolution and emancipation in the mind of the reader.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/72750
Arquivos Descrição Formato
000884509.pdf (1.102Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.