Repositório Digital

A- A A+

Contribuições da residência multiprofissional para reforma psiquiatrica

.

Contribuições da residência multiprofissional para reforma psiquiatrica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Contribuições da residência multiprofissional para reforma psiquiatrica
Autor Abreu, Maria Lúcia Caetano
Orientador Rossoni, Eloá
Data 2013
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Especialização em Práticas Pedagógicas para Educação em Serviços de Saúde.
Assunto Residência
Saúde mental
Resumo Este estudo busca identificar a contribuição da Residência Multiprofissional para a Reforma Psiquiátrica no Rio Grande do Sul. A Reforma Psiquiátrica propõe mudanças no modo de pensar e agir dos profissionais frente às questões da Saúde Mental e a Política Nacional de Saúde Mental aponta a formação dos profissionais de saúde como um dos eixos estratégicos para a transformação da atenção à saúde. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica com artigos publicados, na base de dados da Biblioteca Virtual da Saúde, de 2002 até 2012. Para a busca foram usados os seguintes descritores: Reforma Psiquiátrica, Saúde Mental e Residência Multiprofissional em Saúde Mental. Foram encontrados 20 artigos, destes foram incluídos sete e excluídos treze. Também foram utilizadas dissertações, projetos políticos pedagógicos dos cursos de residência e artigos que subsidiaram a discussão deste tema. O material bibliográfico foi registrado em uma ficha catalográfica que incluiu dados de publicação, base de dados, objetivo, metodologia e principais resultados. Após procedeu-se a análise considerando a contribuição de Residência Multiprofissional em Saúde Mental para a Reforma Psiquiátrica. No Rio Grande do Sul, em 2013, estão funcionando quatro Programas de Residência Multiprofissional em Saúde Mental: na Escola de Saúde Pública, no Grupo Hospitalar Conceição, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Assim, o Estado vem contribuindo de forma incisiva neste propósito, preparando profissionais para o trabalho em equipe e voltados para o cuidado integral em saúde através da sua inserção nos serviços substitutivos aos Hospitais Psiquiátricos. Com a finalidade de contribuir para a desinstitucionalização da loucura são utilizados como cenários de práticas da formação multiprofissional, dentre outros, os Centros de Atenção Psicossocial, as Unidades Básicas de Saúde com e sem Estratégia de Saúde da Família, os Serviços Residenciais Terapêuticos e os Hospitais Gerais.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/76061
Arquivos Descrição Formato
000892654.pdf (384.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.