Repositório Digital

A- A A+

Relações Brasil-Angola no pós-guerra fria : os condicionantes internos e a via multilateral

.

Relações Brasil-Angola no pós-guerra fria : os condicionantes internos e a via multilateral

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Relações Brasil-Angola no pós-guerra fria : os condicionantes internos e a via multilateral
Autor Rizzi, Kamilla Raquel
Orientador Vizentini, Paulo Gilberto Fagundes
Data 2005
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais.
Assunto África
Angola
Brasil
História
Política externa
Relações internacionais
[en] Brazil-Africa relations
[en] Brazil-Angola relations
[en] Brazilian foreign policy
[en] History of Angola
[en] History of Brazil
Resumo Este estudo apresenta reflexões a respeito das relações Brasil-Angola no período compreendido entre os anos de 1990 e 2002. Tendo como ponto de partida o estabelecimento (e aprofundamento) das relações bilaterais no período entre os anos de 1975 e 1990, o presente estudo fornece subsídios que orientam o teor do contato Brasília-Luanda no período pós-Guerra Fria. Entre esses subsídios encontram-se os condicionantes internos, que em cada país influíram de modo determinante na sua respectiva atuação externa, aliados ao contexto de reestruturação internacional. Assim, pela relevância da adaptação por que passaram esses contatos bilaterais, o trabalho distingue essas relações entre diretas e indiretas, estas últimas efetivadas pela via multilateral, seja no cenário regional (notadamente na implantação da CPLP e possibilidade de concretização da ZOPACAS), seja no cenário internacional, com a atuação conjunta nas Nações Unidas.
Abstract This study presents some reflexions about the relations between Brazil and Angola during the period comprehended by the years 1990 to 2002. Having as it starting-point the establishment (and deepening) of the bilateral relations in the period of 1945 to 1990, this study supplies subsidies that orientate the drift of the Brazilia-Luanda contract in the post-Cold War. Among theses subsidies, there are the internal conditionings, that in each country influenced in a determining way in its respective external behaviour, allied with the context of international reestruction. Therefore, because of the relevance of the adaptation by which these bilateral contracts passed, this work distinguishes these relations in direct and indirect, the last ones achieved through the multilateal way, both in the regional (notably in the implementation of the CPLP and in the possibility of the materialization of the ZOPACAS) and internacional scenes, with a joint action in the United Nations.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/7721
Arquivos Descrição Formato
000554761.pdf (336.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.