Repositório Digital

A- A A+

Teores de água no solo e eficácia do herbicida fomesafen no controle de Amaranthus hybridus

.

Teores de água no solo e eficácia do herbicida fomesafen no controle de Amaranthus hybridus

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Teores de água no solo e eficácia do herbicida fomesafen no controle de Amaranthus hybridus
Outro título Soil water contents and fomesafen efficacy in controlling Amaranthus hybridus
Autor Zanatta, Jocemar Francisco
Procópio, Sérgio de Oliveira
Manica, Roberta
Pauletto, Eloy Antonio
Cargnelutti Filho, Alberto
Vargas, Leandro
Sganzerla, Daiane Cristina
Rosenthal, Mariane D Ávila
Pinto, Jesus Juares Oliveira
Resumo Com os objetivos de avaliar a eficácia do herbicida fomesafen no controle de plantas de Amaranthus hybridus se desenvolvendo em solo com diferentes teores de água e determinar qual o menor teor de água do solo que não prejudica a ação desse herbicida no controle dessa espécie, foi realizado um experimento em casa de vegetação. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso em esquema fatorial 5 x 5, envolvendo cinco intervalos entre a última irrigação e a aplicação do herbicida (0, 6, 12, 24 e 48 horas) e cinco doses de fomesafen (0,0, 62,5, 125,0, 250,0 e 375,0 g ha-1). Quando as plantas atingiram estádio de quatro pares de folhas, foram aplicados 10 mm de chuva simulada, conforme tratamento previsto. Ao término do período de simulação de chuva, aplicou-se o herbicida utilizando pulverizador costal pressurizado com CO2, com volume de calda de 120 L ha-1. Aos 5, 22, 29 e 43 dias após a aplicação (DAA) do herbicida, foi avaliado o controle (por escala visual) de A. hybridus e, aos 43 DAA, foram avaliadas também a massa seca das raízes e a da parte aérea. A aplicação de 375,0 g ha-1 de fomesafen proporcionou controle satisfatório de A. hybridus, independentemente do intervalo entre a última irrigação e a aplicação do herbicida ou do teor de umidade do solo, dentro da faixa avaliada. Pulverizações de 250,0 g ha-1 de fomesafen a intervalos menores que 24 horas entre a última irrigação e sua aplicação e/ou em solo com teor de água maior que 0,12 cm3 cm-3 não afetaram a eficácia do herbicida sobre A. hybridus. Aplicações de 125,0 g ha-1 de fomesafen a intervalos menores que 12 horas entre a última irrigação e sua aplicação e/ou em solo com teor de água maior que 0,15 cm3 cm-3 não afetaram a eficácia do herbicida sobre A. hybridus.
Abstract A greenhouse experiment was carried out to evaluate the efficacy of fomesafen in controlling Amaranthus hybridus grown under different soil humidity levels and to determine the lowest level of soil humidity failing to prevent this herbicide’s effectiveness in controlling this species. The experimental design was arranged in randomized blocks with a 5 x 5 factorial scheme. The treatments consisted of five intervals between the last irrigation and herbicide application (0, 6, 12, 24 and 48 hrs) and five fomesafen doses (0.0, 62.5, 125.0, 250.0 and 375.0 g ha-1). When the plants reached the four-leaf pair stage, 10 mm of simulated rain were applied. At the end of the rain simulation period, the herbicide was applied using a pressurized backpack sprayer with CO2, with 120 Lha-1 of spray volume. On days 5, 22, 29 and 43 after application, the control was evaluated using a visual scale as well as plant height (cm) and on day 43, dry weight of the root and aerial part was assessed. Satisfactory control levels were obtained for a 375.0 g ha-1 fomesafen dose, regardless of the time interval between the last irrigation and herbicide application or soil moisture content; Fomesafen sprays of 250.0 g ha-1 at intervals shorter than 24 hrs between the last irrigation and herbicide application and/or in soils with water contents higher than 0.12 cm3 cm-3 did not affect herbicide efficacy in controlling A. hybridus. Fomesafen applications of 125.0 g ha-1 at time intervals shorter than 12 hrs between the last irrigation and herbicide application and/or in soils with water contents higher than 0.15 cm3 cm-3 did not affect herbicide efficacy in controlling A. hybridus.
Contido em Planta daninha. Londrina. Vol. 26, no. 1, (jan./mar. 2008), p. 143-155
Assunto Erva daninha
Herbicida
[en] Protox inhibitors
[en] Water deficit
[en] Weed
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/77721
Arquivos Descrição Formato
000634098.pdf (1.485Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.