Repositório Digital

A- A A+

Fine-grained error detection techniques for fast repair of FPGAs

.

Fine-grained error detection techniques for fast repair of FPGAs

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fine-grained error detection techniques for fast repair of FPGAs
Autor Nazar, Gabriel Luca
Orientador Carro, Luigi
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Programa de Pós-Graduação em Computação.
Assunto Microeletronica
Sistemas reconfiguráveis
[en] Error detection
[en] FPGA
[en] Mean time to repair
Resumo Field Programmable Gate Arrays (FPGAs) são componentes reconfiguráveis de hardware que encontraram grande sucesso comercial ao longo dos últimos anos em uma grande variedade de nichos de aplicação. Alta vazão de processamento, flexibilidade e tempo de projeto reduzido estão entre os principais atrativos desses dispositivos, e são essenciais para o seu sucesso comercial. Essas propriedades também são valiosas para sistemas críticos, que frequentemente enfrentam restrições severas de desempenho. Além disso, a possibilidade de reprogramação após implantação é relevante, uma vez que permite a adição de novas funcionalidades ou a correção de erros de projeto, estendendo a vida útil do sistema. Tais dispositivos, entretanto, dependem de grandes memórias para armazenar o bitstream de configuração, responsável por definir a função presente do FPGA. Assim, falhas afetando esta configuração são capazes de causar defeitos funcionais, sendo uma grande ameaça à confiabilidade. A forma mais tradicional de remover tais erros, isto é, scrubbing de configuração, consiste em periodicamente sobrescrever a memória com o seu conteúdo desejado. Entretanto, devido ao seu tamanho significativo e à banda de acesso limitada, scrubbing sofre de um longo tempo médio de reparo, e que está aumentando à medida que FPGAs ficam maiores e mais complexos a cada geração. Partições reconfiguráveis são úteis para reduzir este tempo, já que permitem a execução de um procedimento local de reparo na partição afetada. Para este propósito, mecanismos rápidos de detecção de erros são necessários para rapidamente disparar este scrubbing localizado e reduzir a latência de erro. Além disso, diagnóstico preciso é necessário para identificar a localização do erro dentro do espaço de endereçamento da configuração. Técnicas de redundância de grão fino têm o potencial de prover ambos, mas normalmente introduzem custos significativos devido à necessidade de numerosos verificadores de redundância. Neste trabalho, propomos uma técnica de detecção de erros de grão fino que utiliza recursos abundantes e subutilizados encontrados em FPGAs do estado da arte, especificamente as cadeias de propagação de vai-um. Assim, a técnica provê os principais benefícios da redundância de grão fino enquanto minimiza sua principal desvantagem. Reduções bastante significativas na latência de erro são atingíveis com a técnica proposta. Também é proposto um mecanismo heurístico para explorar o diagnóstico provido por técnicas desta natureza. Este mecanismo tem por objetivo identificar as localizações mais prováveis do erro na memória de configuração, baseado no diagnóstico de grão fino, e fazer uso dessa informação de forma a minimizar o tempo de reparo.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/77746
Arquivos Descrição Formato
000897120.pdf (1.867Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.