Repositório Digital

A- A A+

Percepção da equipe de enfermagem sobre o trabalho e o estresse em um centro de terapia intensiva

.

Percepção da equipe de enfermagem sobre o trabalho e o estresse em um centro de terapia intensiva

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Percepção da equipe de enfermagem sobre o trabalho e o estresse em um centro de terapia intensiva
Autor Oliveira, Graziela Sturza
Orientador Chaves, Enaura Helena Brandão
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Equipe de enfermagem
Esgotamento profissional
Terapia intensiva
Resumo A Enfermagem é considerada uma profissão de risco devido à exposição a diversas doenças, ao risco de acidentes de trabalho, a escassez de profissionais e materiais, a responsabilidade na tomada de decisão, a implantação de novas tecnologias e a realização de procedimentos de alta complexidade. Essa exposição contínua pode causar estresse nos profissionais. Até determinado ponto o estresse é essencial para a saúde, pois atua impulsionando as atitudes, porém quando o limite é ultrapassado a resposta torna-se prejudicial. O objetivo do estudo é identificar os fatores que contribuem para gerar o estresse da equipe de enfermagem que atua em Centro de Terapia Intensiva (CTI). Trata-se de uma pesquisa qualitativa, com caráter descritivo que utilizou a análise de conteúdo proposta por Bardin (2010). A pesquisa ocorreu no Centro de Terapia Intensiva do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. A população da pesquisa foi composta pela equipe de enfermagem que atua no turno da manhã que é composta por 43 profissionais. A coleta de dados ocorreu através de um questionário com perguntas abertas. Participaram do estudo 5 enfermeiros e 17 técnicos de enfermagem, um total de 22 profissionais. Os resultados apontaram que a equipe de enfermagem gosta de atuar no CTI, porém identificam que existem diversos fatores estressantes relacionados ao ambiente físico, ao relacionamento interpessoal, a complexidade do trabalho, a necessidade de buscar conhecimento e ao processo de trabalho. O estudo demonstra necessidade de conhecer os fatores estressantes para melhorar o clima organizacional e a assistência prestada.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/78405
Arquivos Descrição Formato
000898886.pdf (792.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.