Repositório Digital

A- A A+

Fontes de potássio em solos distroférricos cauliníticos originados de basalto no Rio Grande do Sul

.

Fontes de potássio em solos distroférricos cauliníticos originados de basalto no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fontes de potássio em solos distroférricos cauliníticos originados de basalto no Rio Grande do Sul
Outro título Potassium-bearing minerals in two oxisols of Rio Grande do Sul State, Brazil
Autor Melo, George Wellington Bastos de
Meurer, Egon Jose
Pinto, Luiz Fernando Spinelli
Resumo Este estudo teve como objetivo identificar os minerais fonte de K em dois solos originários de basalto: um Latossolo Vermelho distroférrico típico e um Nitossolo Vermelho distroférrico típico. A análise mineralógica por difratometria de raios-X mostrou a provável presença de um mineral micáceo nas frações silte fino e argila grossa do Latossolo e nas frações silte grosso, silte fino e argila grossa do Nitossolo. Em ambos os solos, também se observou a presença de feldspatos na areia e silte, bem como de esmectita com material hidróxi nas entrecamadas (2:1 EHE) nas frações argila grossa e fina, acompanhando a caulinita dominante. A fração argila grossa dos solos apresentou maiores evidências da presença de minerais potássicos, constituindo a fração com maior potencial para suprir K às plantas.
Abstract The objective of this study was to identify the K-bearing minerals as well as the granulometric fraction of the soil with potential to supply K to the plants from two basaltic Oxisols (Hapludox and Kandiudox). The mineralogical analyses of the granulometric fractions of the Hapludox soil revealed the probable occurrence of a mica mineral in the fine silt and coarse clay fractions, while feldspar minerals occurred in the sand, coarse silt, and fine silt fractions. In the Kandiudox soil, a probable mica mineral was observed in the coarse silt, fine silt, and coarse clay fractions, whereas feldspar minerals were observed in the sand and silt fractions. In both soils, the presence of a 2:1 clay mineral with hydroxy interlayer material (2:1 EHI) was also observed. This clay mineral has the basic structure of a smectite mineral. The coarse clay fraction of both soils presented the strongest evidences of the presence of K-bearing minerals, representing the most promising fraction for K supply to plants.
Contido em Revista brasileira de ciencia do solo. Viçosa. Vol. 28, n. 4 (jul./ago. 2004), p. 597-603
Assunto Química do solo
Rio Grande do Sul
Solo
[en] Basalt
[en] Mineralogy
[en] Oxisol
[en] Potassium minerals
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/79089
Arquivos Descrição Formato
000507639.pdf (310.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.