Repositório Digital

A- A A+

Quando é ser africano? : em busca do outro pé e outros niilismos na obra de Mia Couto

.

Quando é ser africano? : em busca do outro pé e outros niilismos na obra de Mia Couto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Quando é ser africano? : em busca do outro pé e outros niilismos na obra de Mia Couto
Autor Tenório, Jeferson de Souza
Orientador Tettamanzy, Ana Lúcia Liberato
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Assimilação cultural
Couto, Mia 1955-. O outro pé da sereia
Crítica literária
Cultura moçambicana
Identidade cultural
Identidade social
Literatura africana
Literatura comparada
Literatura e História
Literatura moçambicana
Literatura portuguesa
Niilismo
Pós-modernidade
Romance
[en] Identity
[en] Nihilism
Resumo O objetivo desta dissertação é o de discutir o modo como o escritor moçambicano Mia Couto problematiza a identidade dos africanos, já que a representação das personagens aponta, freqüentemente, para reflexões que giram em torno das questões sobre a globalização e a pós-modernidade. Escolhi o livro O outro pé da sereia (2009) como corpus principal desta pesquisa por ser uma obra que procura desconstruir os arquétipos sobre a África e seus povos representados no imaginário do homem ocidental. Imagem, esta, que foi construída a partir de uma visão eurocêntrica. Nesta perspectiva, identifiquei que a obra de Mia Couto apresenta uma visão niilista quanto aos construtos identitários e, dessa forma, problematiza ao mesmo tempo em que desmistifica a África como um lugar de regresso da diáspora em busca de suas raízes. A partir deste recorte busquei questionar, sob a perspectiva nietzschiana, o modo como os fatores sociais incidem na formação da subjetividade de cada indivíduo, buscando não mais uma Verdade fixa sobre a identidade dos africanos, mas questionar para quem e para que se busca esta Verdade, observando os desafios e as tensões do homem moderno representado em suas obras frente aos desafios da contemporaneidade. Assim esta dissertação procurou discutir e apresentar os construtos identitários a partir de fatores que julguei importantes como a pós-modernidade, a nação, a raça e o cosmopolitismo.
Abstract The goal of this dissertation is to discuss how the Mozambican writer Mia Couto problematizes the identity of the African people, since the representation of the characters points out, often to reflections that revolve around the issues of globalization and postmodernity. I chose the book O outro pé da sereia as the main corpus of this research because it’s a book that seeks to deconstruct those archetypes about Africa and its peoples represented in the imagination of Western society - an image that was built from a Eurocentric view. In this perspective, I have identified that the work of Mia Couto presents a nihilistic view about the identity constructs and thus problematizes as well as demystifies Africa as a place of return of the Diaspora in search of their roots. From this crop I sought to question from a Nietzschean perspective, how social factors affect the formation of subjectivity of each individual, seeking no longer a fixed truth about the identity of Africans, but to whom and for what are we seeking that Truth, noting the challenges and tensions of modern society represented in its works before the challenges of contemporary times. This dissertation sought to discuss and present the constructs identity from factors judged important as post-modernity, nation, race and cosmopolitanism.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/79452
Arquivos Descrição Formato
000900941.pdf (949.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.