Repositório Digital

A- A A+

Consulta de enfermagem ampliada : possibilidades de formação para a prática da integralidade em saúde

.

Consulta de enfermagem ampliada : possibilidades de formação para a prática da integralidade em saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Consulta de enfermagem ampliada : possibilidades de formação para a prática da integralidade em saúde
Autor Machado, Maria Luiza Paz
Orientador Oliveira, Dora Lúcia Leidens Corrêa de
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Assistência integral à saúde
Consulta de enfermagem
Currículo
Educação em enfermagem
Enfermagem : Graduação
Integralidade em saúde
[en] Comprehensive health care
[en] Curriculum
[en] Health education
[en] Learning
[en] Nursing education
[es] Aprendizaje
[es] Atencion integral de salud
[es] Curriculum
[es] Educación en enfermería
[es] Educación en salud
Resumo Estudo qualitativo, do tipo participante, desenvolvido com oito alunos matriculados na disciplina Enfermagem no Cuidado ao Adulo II do currículo do Curso de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. As informações foram coletadas por meio de grupo focal, diários de campo e análise documental. Abordam-se os limites que o ambulatório hospitalar apresenta para o ensino/prática da consulta de enfermagem (CE) na perspectiva da integralidade em saúde. Tais limites são de ordem temporal, ambiental e protocolar e estão relacionados aos modos como a instituição, cenário do estudo, se organiza para ofertar o cuidado em saúde. A metodologia propôs a diversificação do cenário de ensino/cuidado da CE tradicional, aí incluindo os espaços de vida dos usuários, denominando esta intervenção de consulta de enfermagem ampliada. A ampliação teve a finalidade de buscar superar os limites do contexto hospitalar, possibilitando exercícios de praxis com base no cotidiano dos usuários. O estudo objetivou “analisar o potencial da consulta de enfermagem para a formação de enfermeiros para a prática da integralidade em saúde, considerando as experiências discentes em um cenário ampliado de cuidado”. A análise evidenciou que os participantes percebem na formação vigente limites para o aprendizado da integralidade, destacando-se a relação professor/aluno e os modelos de ensino alicerçados na biomedicina e na educação tradicional. A vivência no cenário ampliado foi produtora de novos saberes e práticas como escuta, vínculo e protagonismo dos atores envolvidos na CE, configurando-se em aprendizados coerentes com a formação para integralidade. Conclui-se que, apesar de ter se confirmado uma experiência de integralidade do cuidado, inovadora no contexto do ensino da CE, mudanças em cenários de ensino não garantem mudanças na formação, uma vez que estas dependem, principalmente, de quem ensina. A pesquisa participante revelou-se importante dispositivo para o desenvolvimento de uma análise crítica sobre a prática docente, com potência para promover mudanças no modelo de ensino/atenção vigente.
Abstract It is about a qualitative study of the participative type, carried out with eight students, enrolled in the Nursing in Adult Care II class, a subject that integrates the Nursing School curriculum of the Federal University of Rio Grande do Sul. Information was gathered by means of focus group, field diaries and document analyses. This paper approaches the limits of the outpatient clinic for teaching and practice of the nursing consultation (NC) from the perspective of the health integrality. Such limits are of time, environmental and protocol order and relate to the ways how the institution, which hosts this study setting, organizes itself to offer health care. The methodology proposes diversifying the teaching and care setting from the traditional NC by including, herein, the users´ life spaces while it denominates such intervention extended nursing consultation. Such extension had the purpose of making efforts in order to overcome the limits of the hospital context and to provide praxis exercises based on the users´ daily life. The objective of the study was “analyzing the potential of the nursing consultation for the nurses´ education aiming at the integrality practice in health, by taking the students´ experiences within an extended care setting into consideration “. The analysis evidenced that the participants perceive limits in the current education regarding integrality learning and mainly as to the teacher-student relation and the teaching models founded on biomedicine and on traditional education. The experience in the extended setting provided new know-how and practices like listening, bond and protagonism of the actors involved in the NC who turned into learners coherent with the education for integrality. Although it has been confirmed to be an innovating experience of care integrality within the NC teaching context, the conclusion drawn is that changes of teaching settings do not guarantee education changes since these depend on who the teacher is. The study evidenced that the participative research is a significant device for the development of a critical analysis on the teaching practice with potential to foster changes in the teaching-care model in force.
Resumen Se trata de un estudio cualitativo del tipo participante, desarrollado con ocho alumnos matriculados en la disciplina Enfermería en el Cuidado al Adulto II, del plan de estudios del Curso de Enfermería de la Universidad Federal del Rio Grande do Sul. Las informaciones fueron recogidas por medio de grupo focal, diarios de campo y análisis documental. Se abordan los límites que el ambulatorio hospitalario presenta para la enseñanza y la práctica de la consulta de enfermería (CE) desde la perspectiva de la integralidad en salud. Tales límites son de orden temporal, ambiental y protocolar y se relacionan con los modos como la institución, el escenario de este estudio, se organiza para ofrecer servicios de salud. La metodología propuso la diversificación del escenario de enseñanza y atención de la CE tradicional, incluyendo, ahí, los espacios de vida de los usuarios, calificando esta intervención de consulta de enfermería ampliada. La ampliación tuvo la finalidad de buscar superar los límites del contexto hospitalario, posibilitando ejercicios de práctica con base en el cotidiano de los usuarios. El objetivo del estudio fue “analizar el potencial de la consulta de enfermería para la formación de enfermeros para la práctica de la integralidad en salud, considerando las experiencias de los estudiantes en un escenario ampliado de cuidado”. El análisis reveló que los participantes perciben, en la formación vigente, límites para el aprendizaje de la integralidad, destacándose la relación maestro/alumno y los modelos de enseñanza basados en la biomedicina y en la educación tradicional. La experiencia en el escenario ampliado produjo nuevos conocimientos y prácticas como escuchar, relacionarse y el protagonismo de los actores involucrados en la CE, y dio lugar a aprendizajes consistentes con la formación para la integralidad. Se concluye que, a pesar de confirmarse una experiencia de integralidad del cuidado, innovadora en el contexto de la enseñanza de la CE, cambios en escenarios de enseñanza no garantizan cambios en la formación, una vez que estas dependen, principalmente, de quien enseña. La pesquisa participante se reveló un importante dispositivo para el desarrollo de un análisis crítico sobre la práctica docente con potencia para promover cambios en el modelo de enseñanza/atención vigente.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/79585
Arquivos Descrição Formato
000902776.pdf (2.087Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.