Repositório Digital

A- A A+

Os espaços externos do Campus I da Universidade de Passo Fundo : análise da percepção dos usuários e de suas preferências

.

Os espaços externos do Campus I da Universidade de Passo Fundo : análise da percepção dos usuários e de suas preferências

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os espaços externos do Campus I da Universidade de Passo Fundo : análise da percepção dos usuários e de suas preferências
Outro título Universidade de Passo Fundo Campus I outdoor spaces : evaluation of users’ perceptions and preferences
Autor Magro, Maurício Lago
Orientador Fedrizzi, Beatriz Maria
Co-orientador Schmitt, Carin Maria
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil.
Assunto Construção civil
Espaço público
Paisagismo
Percepção ambiental
[en] Civil construction
[en] Environmental perception
[en] Landscape planning
[en] University campus outdoor spaces
Resumo Os espaços externos das edificações vêm sendo negligenciados por planejadores, construtores e gerenciadores da área da Construção Civil. O bom projeto desses espaços e a sua manutenção são necessários para que tragam benefícios aos usuários, os quais são muitos e importantes não somente ao usuário, mas à edificação e ao meio ambiente. Projetar esses espaços de acordo com as necessidades dos usuários e buscando os seus benefícios é viável, desde que se tenha conhecimento sobre a configuração física que esse espaço deve ter e o comportamento dos usuários. E esse conhecimento falta, principalmente no que se refere a campi universitários, espaços complexos e de riqueza física e comportamental cada vez mais presentes no cenário mundial e brasileiro. O Campus I da Universidade de Passo Fundo é um desses espaços únicos e que está aumentando, tanto em números (alunos, cursos) quanto em tamanho físico. Para se chegar ao conhecimento sobre como atuar nesses espaços, 400 questionários foram aplicados a universitários de 12 unidades e a estudantes de Ensino Médio dessa universidade, verificando quais eram seus comportamentos e percepções em relação aos espaços externos do campus, os quais foram também caracterizados de acordo com os espaços adjacentes aos prédios das unidades e espaços comuns ao campus. Também foi necessário fazer uma revisão bibliográfica a fim de determinar os atributos que os espaços externos de campi devem ter a fim de cumprir com suas funções sociais e de benefício físico e psicológico. Assim, verificaram-se quais eram os atributos físicos dos espaços externos mais bem-sucedidos do Campus I e o que tinham em comum com os da teoria, além de verificar quais eram as influências das características dos usuários na preferência ou uso desses espaços. Proximidade ao prédio, presença de vegetação, bancos e espaços definidos como privados no campus foram os atributos físicos que determinaram o sucesso dos ambientes, ao passo que tempo de utilização do campus, gênero e conhecimento sobre vegetação e hábitos culturais foram as características dos usuários que influenciam a preferência de utilização dos espaços externos.
Abstract Outdoor spaces have been neglected by planners, designers, and managers of Civil Construction area. These spaces good planning and design and their maintenance are necessary in order to provide benefits over users, which are many and important, not only to users but to buildings and the whole Environment. Planning such spaces according to their benefits, so explored by literature, and to user needs, is viable, since there is know-how over physical configuration and users’ behaviors. And there is a lack of such knowledge, principally when considering university campuses, complex spaces with physical and behavioral richness so present in global and national scenery. Campus I of Universidade de Passo Fundo is one of these unique places which are growing, even in size as in numbers. To achieve this knowledge about how to plan these spaces, 400 questionnaires were applied over campus 12 departments students and over high school students, who also use the campus, to know about their behavior and perceptions related to adjacent to building spaces and common spaces in Campus I. These spaces were characterized accordingly to the literature on outdoor campus spaces in order to define features these spaces must have to accomplish their social functions and physical and psychological benefits. Thus, one verified which were the physical attributes of successful outdoor spaces in Campus and what did they have in common with the attributes form literature. It was also verified the influences of users characteristics over spaces preferences or use. Proximity to building, presence of vegetation, benches, and private defined spaces were the features that determined the success of spaces, while campus time of utilization, gender, and knowledge about the importance of vegetation, and cultural habits are behavioral attributes that influence users preference and use of outdoor spaces.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/79808
Arquivos Descrição Formato
000898730.pdf (17.00Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.