Repositório Digital

A- A A+

Efeitos da manipulação neonatal sobre comportamentos sociais e a expressão de receptores de ocitocina em ratos neonatos e juvenis

.

Efeitos da manipulação neonatal sobre comportamentos sociais e a expressão de receptores de ocitocina em ratos neonatos e juvenis

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeitos da manipulação neonatal sobre comportamentos sociais e a expressão de receptores de ocitocina em ratos neonatos e juvenis
Outro título Effects of neonatal handling on social behaviors and expression of oxytocin in rats neonates and juveniles
Autor Karkow, Ana Raquel Menezes
Orientador Lucion, Aldo Bolten
Co-orientador Ribeiro, Maria Flavia Marques
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Neurociências.
Assunto Comportamento social
Manipulação neonatal
Receptores de ocitocina
Resumo O período inicial da vida dos animais é de fundamental importância para a formação das ligações sociais e o estabelecimento da relação do indivíduo com o ambiente. O contexto do neonato é o aspecto mais importante de estimulação para os ratos recém-nascidos sendo de fundamental importância para a organização de respostas comportamentais durante as etapas precoces do desenvolvimento. O objetivo da presente tese foi estudar os efeitos da manipulação neonatal sobre o desenvolvimento comportamental social no período pós-natal (7º e 11º dia de idade) e juvenil (25º, 30º e 35º dia de idade) e quantidade de receptores de ocitocina no córtex pré-frontal, locus coeruleus e bulbo olfatório (7º e 11º dia de idade). Os resultados demonstraram que a manipulação neonatal induz déficits em comportamentos sociais iniciais revelando ter um efeito determinante sobre o desenvolvimento do comportamento social precoces em ratos. Verificamos uma diminuição no comportamento de agregação social nas duas idades estudadas (7º e 11º dias de idade) e uma diminuição do comportamento de brincadeira nas três idades estudadas (25º 30º e 35º dias de idade). Além disto, verificamos que a manipulação neonatal diminui a expressão de receptores de ocitocina no bulbo olfatório no 30º dia de idade demonstrando que o efeito da manipulação neonatal é prevalente por toda vida do animal. Estes resultados evidenciam a importância da experiência precoce como moduladora das respostas comportamentais sociais ainda no período neonatal e na puberdade. Conclui-se assim, que, a manipulação no período neonatal interfere negativamente no estabelecimento de relações sociais, podendo ter como causa uma possível alteração no sistema ocitocinérgico.
Abstract The initial period of life in animals is of fundamental importance for the formation of social bonds and the establishment of relationships between the individual and the environment. The newborn’s context is the most important aspect of stimulation for newborn rats being essential for the organization of behavioral responses during the early stages of development. The aim of this thesis was to study the effects of neonatal handling on the behavioral development during the postnatal (7 and 11 days old) and juvenile periods (25 º, 30 º and 35 days of age), well as the amount of oxytocin receptors in prefrontal cortex, olfactory bulb and locus coeruleus (7 and 11 days of age). The results demonstrated that neonatal handling induces deficits in social behaviors revealing a decisive impact on the development of early social behavior in rats. We observed a decrease social aggregation behavior in both age groups (7 and 11 days of age) and a decrease in play behavior at the three age groups (25, 30 and 35 days old). Furthermore, we demonstrated that neonatal handling decreased the expression of oxytocin receptors in the olfactory bulb at 30 days of age showing that the effects of neonatal manipulation are prevalent throughout the animal's life. These results highlight the importance of early experience as a modulator of social behavioral responses even during the neonatal period and puberty. We conclude therefore that the manipulation during the neonatal period impairs the establishment of social relations, can be caused by a possible change in the oxytocin system.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/83818
Arquivos Descrição Formato
000907620.pdf (1.047Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.