Repositório Digital

A- A A+

Perfil lipídico e aptidão cardiorrespiratória de crianças e adolescentes obesos

.

Perfil lipídico e aptidão cardiorrespiratória de crianças e adolescentes obesos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perfil lipídico e aptidão cardiorrespiratória de crianças e adolescentes obesos
Autor Bertoletti, Otavio Azevedo
Orientador Meyer, Flavia
Data 2005
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Movimento Humano.
Assunto Cardiologia
Criança
Fisiologia do exercício
Obesidade
[en] Cardiovascular risk factors
[en] Coronary artery disease
[en] Dislipidemy
[en] Lipid profile
[en] Lipoproteins
[en] Obesity
[en] Oxygen uptake
Resumo A prevalência de sobrepeso e obesidade entre crianças e adolescentes tem aumentado em países em desenvolvimento e desenvolvidos, ocasionando um sério problema de saúde pública. A obesidade na adolescência pode alterar o perfil lipídico, principalmente quando acompanhada de uma baixa aptidão cardiorrespiratória. A obesidade, bem como as dislipidemias são considerados importantes fatores de risco para a doença arterial coronariana. O presente estudo teve como objetivo avaliar a correlação entre o perfil lipídico, bem como outros marcadores de risco para doença arterial coronariana, e a aptidão cardiorrespiratória de crianças e adolescentes obesos, de ambos os gêneros. Um total de 63 crianças e adolescentes obesos, entre 11 e 17 anos, foi incluído em um estudo transversal, realizado na cidade de Porto Alegre. Foi utilizado o pacote estatístico SPSS, versão 10.0 para Windows. Foram aplicados o teste t para amostras independentes e o teste de Mann-Whitney para identificar diferenças entre gêneros e estágio maturacional quando a distribuição apresentava-se normal e não-normal, respectivamente. Utilizou-se a correlação de Pearson ou Spearman para dados paramétricos e não-paramétricos, respectivamente. Não encontramos correlação significativa entre o pic2 o V& O e os marcadores de risco para doença coronariana TG, CT, HDL-C, LDL-C, ApoA1, ApoB, Não-HDL-C, CT/HDL, LDL-C/HDL-C, insulina, glicose, índice HOMA-IR e PCRus. Do total de crianças e adolescentes avaliados, somente um indivíduo, do gênero masculino, não apresentava nenhum parâmetro metabólico alterado. Encontramos uma prevalência precoce importante de indivíduos com hipercolesterolemia (15,0%); hipertrigliceridemia (23,3%); hiperglicemia (35,6%); hiperinsulinemia (40,4%); valores altos de LDL-C (16,7%), PCRus (38,3%) e Não-HDL-C (26,7%); e valores baixos de HDL-C (21,7%) e do VO2pico (93,5% da meninas e 100% dos meninos). Concluindo, apesar de não encontrarmos correlação significativa entre o perfil lipídico e a aptidão cardiorrespiratória de crianças e adolescentes obesos neste estudo, uma prevalência alta de dislipidemias e outros marcadores de risco coronariano alterados foram encontrados.
Abstract The prevalence of overweight children and adolescents has been increasing in both developed and developing countries, creating a serious public health problem. Obesity in adolescence can alter the lipid profile mainly when accompanied by a low cardiorespiratory fitness. Obesity and dislipidemy are well-established risk factors for the coronary artery disease. The aim of the present study was to evaluate the correlation among the lipid profile, as well as other risk markers for the coronary artery disease, and the cardiorespiratory fitness of obese children and adolescents of both genders. A total of 63 children and adolescents between 11 and 17 years old were included in this cross-sectional study, developed in the city of Porto Alegre. Statistical analysis was performed by the software SPSS, version 10.0 for Windows. The T-test for independent samples and the Mann-Whitney test were applied to identify differences among gender and pubertal stage when the distribution was normal and abnormal, respectively. The Pearson’s or the Spearman’s correlation was used for parametric and nonparametric data, respectively. We did not find significant correlation between pea2 k V& O and the risk markers for the coronary disease TG, TC, HDL-C, LDL-C, non-HDL-C, TC/HDL, insulin, glucose, HOMA-IR values, and PCRus. Among all individuals evaluated, only one person – a male – did not show any altered metabolic parameter. We found an important precocious prevalence of individuals with hypercholesterolemia (15%); hypertriglyceridemia (23.3%); borderline hyperglycemia (35.6%); hyperinsulinemia (40.4%); high values of LDLC (16.7%), PCRus (38.3%), non-HDL-C (26.7%); and low values of HDL-C (21.7%) and 2 peak V& O (93.5% of the girls and 100% of the boys). In conclusion, although we did not find any significant correlation between lipid profile and cardiorespiratory fitness in obese children of both genders in this study, a high prevalence of undesirable lipid levels and other altered coronary risk markers were found.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/8586
Arquivos Descrição Formato
000581783.pdf (285.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.