Repositório Digital

A- A A+

Desafios da prática em saúde mental na perspectiva do modo psicossocial : visão de profissionais de saúde

.

Desafios da prática em saúde mental na perspectiva do modo psicossocial : visão de profissionais de saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Desafios da prática em saúde mental na perspectiva do modo psicossocial : visão de profissionais de saúde
Outro título The challenges of mental health practice from the perspective of the of the psychosocial model : the view of health care professionals
Outro título Desafios de la práctica en salud mental en la perspectiva del modo psicossocial : visión de profesionales de salud
Autor Pinho, Leandro Barbosa de
Rodrigues, Jeferson
Kantorski, Luciane Prado
Olschowsky, Agnes
Schneider, Jacó Fernando
Resumo Este estudo analisou o discurso sobre a prática de profissionais de saúde mental no modo psicossocial. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, cujo corpus originou-se da transcrição de entrevistas semiestruturadas, aplicadas a 17 (de um total 25) trabalhadores de um serviço substitutivo em uma cidade da Região Sul do Brasil. O referencial teórico baseou-se em concepções sobre a reforma psiquiátrica e o modo psicossocial. Verificou-se que os trabalhadores apresentam dificuldades sobre o “que fazer” em saúde mental. Apontou-se que algumas profissões conseguem assimilar mais as modificações introduzidas pela reforma, ao contrário de outras, que temem invadir o espaço do outro, ou até mesmo perder o seu núcleo de saber/fazer para outras profissões. Conclui-se que, no Modo Psicossocial, as profissões precisam estar atentas para as mudanças introduzidas, dia a dia, no contexto dos serviços, na realidade da comunidade, nas relações interpessoais e no seu núcleo de saber/fazer.
Abstract This study analyzed the discourse regarding the practice of mental health professionals according to the psychosocial model. This study was performed using a qualitative approach, and consisted of transcribing semi-structured interviews applied to 17 of a total of 25 workers of a substitution service of a city in southern Brazil. The theoretical framework was based on concepts regarding psychiatric reform and the psychosocial model. It was found that the workers face difficulties regarding “what to do” in mental health. It shows that some professionals are able to assimilate the changes introduced by the reform better than others, who are afraid of invading the other’s space or losing their center of knowledge/doing to other professionals. In conclusion, under the Psychosocial Model, professionals must be aware of the changes that are introduced every day to the context of the service, to the reality of the community, in interpersonal relationships and in their core of knowing/doing.
Resumen Se analizó el discurso sobre la práctica de profesionales de salud mental en el modo psicosocial. Investigación de abordaje cualitativo, cuyo corpus se originó de la transcripción de entrevistas semiestructuradas aplicadas a 17 de 25 trabajadores de un servicio substitutivo de ciudad de Región Sur de Brasil. Referencial teórico basado en concepciones sobre la reforma psiquiátrica y el modo psicosocial. Se verificó que los trabajadores presentan dificultades sobre “qué hacer” en salud mental. Se determinó que algunas profesiones consiguen asimilar más las modificaciones introducidas por la reforma, al contrario de otras, que temen invadir el espacio ajeno, o hasta incluso perder su núcleo de saber/hacer hacia otras profesiones. Se concluye que, en el Modo Psicosocial, las profesiones necesitan atender los cambios introducidos a diario en el contexto de los servicios, en la realidad comunitaria, en las relaciones interpersonales y en su núcleo de saber/hacer.
Contido em Revista Eletrônica de Enfermagem. Goiânia. Vol. 14, n. 1 (2012), p. 25-32
Assunto Pessoal de saúde
Saúde mental
[en] Health policy
[en] Health services reform
[en] Mental health
[es] La reforma de los servicios de salud
[es] Política de salud
[es] Salud mental
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/86838
Arquivos Descrição Formato
000826559.pdf (158.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.