Repositório Digital

A- A A+

Influência do tratamento de superfície na resistência de união por cisalhamento de um cerômero indireto

.

Influência do tratamento de superfície na resistência de união por cisalhamento de um cerômero indireto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Influência do tratamento de superfície na resistência de união por cisalhamento de um cerômero indireto
Outro título Surface treatment effect on shear bond strength of an indirect ceromer
Autor Ferreira, Fábio Mossmann
Braga, Carlos
Klein Júnior, Celso Afonso
Veleda, Bárbara Borges
Erhardt, Maria Carolina Guilherme
Coelho de Souza, Fábio Herrmann
Resumo Objetivo: o presente estudo realizou uma análise comparativa da resistência ao cisalhamento em dentina após diferentes tratamentos de superfície do cerômero BelleGlass HP (Kerr). Materiais e métodos: para isso, trinta molares humanos tiveram suas faces livres desgastadas até expor a superfície dentinária, nas quais foram cimentados os corpos de prova (belleGlass HP) com cimento resinoso (RelyX ARC, 3M ESPE), com três tratamentos de superfície: grupo 1 (controle): sem tratamento de superfície; grupo 2: condicionamento com ácido fluorídrico 10%; e grupo 3: jateamento com óxido de alumínio com granulação de 50μm. Os espécimes foram avaliados em relação à resistência de união por cisalhamento, com velocidade de 1,0mm/min. Os dados foram analisados estatisticamente através dos testes ANOVA e Tukey, com nível de significância de 5%. Resultados: como resultado, obteve-se diferenças estatisticamente significativas (P=0,002) entre o grupo controle e o grupo 3. Conclusão: concluiu-se que o tipo de tratamento de superfície do cerômero belleGlass influenciou a resistência de união dos espécimes cimentados, sendo o jateamento com óxido de alumínio o que apresentou melhor desempenho.
Abstract Aim: The present study showed a comparative analysis of shear bond strength of a ceromer after different surface treatments. Material and methods: For that, thirty human molars had their free surfaces drilled until exposing the dentin tissue, where the ceromer specimen were cemented (belleGlass HP), with three surface treatments before cementation: control group, without surface treatment (group 1); group 2: etched with fluoridric acid (10%) and group 3: etched with aluminum oxide jet (50um). All groups were tested in a universal testing machine, with 1mm/min crosshead speed, in a shear bond strength test. Data were analysed by ANOVA and Tukey tests. Results: It was shown statistically significant differences (p=0.002) between control group and group 3. Conclusions: Ceromer surface treatment Intervenes on shear bond strength to dentin, being the aluminium oxide jet the best way to improve bond strength.
Contido em Revista da Faculdade de Odontologia de Porto Alegre. Porto Alegre. Vol. 53, n. 1 (jan./abr. 2012), p. 17-20
Assunto Resinas compostas
Restauracoes indiretas
[en] Ceromer
[en] Composite resin
[en] Shear bond strength
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/86845
Arquivos Descrição Formato
000910143.pdf (153.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.