Repositório Digital

A- A A+

Apoio à tomada de decisão por meio da avaliação do ciclo de vida em sistemas de gerenciamento integrado de resíduos sólidos urbanos : o caso de Porto Alegre

.

Apoio à tomada de decisão por meio da avaliação do ciclo de vida em sistemas de gerenciamento integrado de resíduos sólidos urbanos : o caso de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Apoio à tomada de decisão por meio da avaliação do ciclo de vida em sistemas de gerenciamento integrado de resíduos sólidos urbanos : o caso de Porto Alegre
Outro título Decision-making support through life cycle assessment of integrated municipal solid waste management systems : the case of Porto Alegre
Autor Reichert, Geraldo Antonio
Orientador Mendes, Carlos André Bulhões
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Pesquisas Hidráulicas. Programa de Pós-Graduação em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental.
Assunto Atores sociais
Ciclo de vida
Porto Alegre (RS)
Resíduos sólidos
Sustentabilidade
Tomada de decisão
[en] Indicators and indices
[en] IWM-2
[en] LCA
[en] Stakeholders
[en] Sustainability
Resumo Esta Tese tem como objetivo avaliar, a partir da avaliação do ciclo de vida, a participação de diferentes atores na construção de sistemas sustentáveis de gerenciamento integrado de resíduos sólidos urbanos (RSU) para fins de apoio à tomada de decisão na escolha de cenários futuros de gerenciamento. Participaram da pesquisa atores vinculados profissionalmente ao órgão municipal gestor de resíduos e outros técnicos externos que tinham vínculo com a área ambiental e de gestão de resíduos. Através de técnicas estruturadas, os atores foram convidados a construir cenários futuros, utilizando como base o cenário atual e definindo opções de coleta, de tratamento e de destinação final; bem como na definição de pesos a serem adotados na ponderação dos indicadores e subíndices de sustentabilidade. A metodologia desenvolvida foi aplicada ao sistema de gerenciamento de RSU da cidade de Porto Alegre, adotando-se os dados e informações referentes ao ano de 2011. O inventário do ciclo de vida (ICV) foi realizado pelo programa computacional IWM-2. Foram calculados indicadores e subíndices ambientais, econômicos e sociais para a avaliação de impacto do ciclo de vida (AICV), sendo calculado um índice de sustentabilidade geral utilizado para hierarquização do cenário atual e dos construídos. O estudo realizado permitiu demonstrar que os cenários construídos com participação exclusivamente dos atores do órgão municipal apresentaram maior nível de coleta diferenciada, maior cobertura da coleta automatizada, maior participação do processo de compostagem como forma de tratamento e uma menor disposição de rejeitos em aterro sanitário. A digestão anaeróbia aparece como opção de tratamento nos cenários montados pelos dois grupos (atores do órgão municipal e todos os atores). Os dois grupos mostraram rejeição à tecnologia da incineração, tanto na montagem inicial dos cenários quanto na hierarquização desses com base na percepção pessoal de sustentabilidade dos mesmos. O cenário construído com a visão otimista de todos os atores resultou no melhor desempenho para os subíndices de sustentabilidade ambiental e social; ficou, porém com o pior desempenho econômico (maior custo unitário entre todos os cenários). Já o cenário construído com a visão otimista dos atores do órgão municipal teve o melhor desempenho econômico, ficando em terceiro nos critérios ambiental e social. Utilizado o índice de sustentabilidade geral, calculado com a ponderação dos pesos atribuídos pelos atores aos subíndices (ambiental, econômico e social), o melhor desempenho geral foi do cenário construído pelos atores municipais. Conclui-se ainda que, quando são montados cenários futuros de gerenciamento de RSU, as tecnologias de coleta automatizada e diferenciada, os tratamentos de compostagem, a digestão anaeróbia, o CDR (combustível derivado de resíduos) e a incineração devem ser consideradas e avaliados, sendo a ferramenta de AICV apropriada para apoio à decisão na escolha de modelos sustentáveis.
Abstract This thesis aims to evaluate, through life cycle assessment, the participation of different stakeholders in building sustainable integrated municipal solid waste (MSW) management systems to provide decision-making support in the choice of future MSW management scenarios. Participant stakeholders were professionally linked to the municipal solid waste authority and other external experts who were linked with the environmental subjects and solid waste management. Through structured techniques stakeholders were asked to build future scenarios, using as a basis the current scenario, and setting options for the MSW collection, treatment and disposal, and the definition of weights to be adopted in the weighting of indicators and sub-indices of sustainability. The developed methodology was applied to the MSW management system of the city of Porto Alegre, adopting the data and information relating to the year 2011. The software IWM-2 was used in order to get the life cycle inventory (LCI) data. Environmental, economic and social indicators and sub-indices were calculated for life cycle impact assessment (LCIA). An overall sustainability index was calculated and used to ranking current and constructed scenarios. The study has demonstrated that scenarios constructed exclusively with the participation of municipal authority stakeholders showed higher level of origin separate collection, greater coverage of automated collection (containerization), greater participation of composting treatment process and a lower waste disposal into sanitary landfill. Anaerobic digestion appears as an option to be used in the settings assembled by the two groups (municipal stakeholders and all stakeholders). The two groups of stakeholders showed rejection of incineration technology, both in the initial assembly and in the hierarchy of these scenarios based on personal perception of thereof sustainability. The scenario built with the optimistic view of all stakeholders resulted in better performance for the environmental and social sustainability sub-indices, however, with the worst economic performance (higher unit cost between all scenarios). The scenario built with the optimistic view of the municipal authority stakeholders had the best economic performance, ranking third in the environmental and social criteria. The overall sustainability index, calculated trough weighing of the weights assigned by the stakeholders to the sub-indices (environmental, economic and social), showed that the best overall performance of all scenarios was the municipal authority stakeholders scenario. We also conclude that, when future scenarios are mounted, MSW management technologies for segregated and container collection, treatments as composting, anaerobic digestion, RDF (Refuse Derived Fuel) and incineration should be considered and evaluated; and that the LCIA tool is appropriated for decision-making support in order to get sustainable MSW systems.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/87557
Arquivos Descrição Formato
000910211.pdf (19.25Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.