Repositório Digital

A- A A+

Capital social e estratégias de prevenção e enfrentamento da violência entre jovens : projeto escola aberta para a cidania no estado do Rio Grande do Sul

.

Capital social e estratégias de prevenção e enfrentamento da violência entre jovens : projeto escola aberta para a cidania no estado do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Capital social e estratégias de prevenção e enfrentamento da violência entre jovens : projeto escola aberta para a cidania no estado do Rio Grande do Sul
Autor Ruduit, Simone Rodrigues
Orientador Santos, José Vicente Tavares dos
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Sociologia.
Assunto Capital social
Jovens
Parcerias interorganizacionais
Porto Alegre, Região Metropolitana de (RS)
Prevenção
Programa Escola Aberta para a Cidadania.
Violência na escola
Resumo A presente tese parte do reconhecimento de que a violência tem desafiado, insistentemente, nossas instituições sociais contemporâneas. E assim a violência seria uma das características que marca as relações sociais na atualidade. Também seriam próprias do tempo atual mudanças no âmbito da família e do trabalho o que deixaria, sobretudo os jovens, com um sentimento de que suas vidas estariam em uma situação “labiríntica”: sem referências de como e para onde seguir suas trajetórias. Por estas razões, o estudo busca discutir a capacidade de uma instituição, como a escolar, em lidar com os contornos assumidos pelos processos de socialização e de integração social dos jovens no contexto das sociedades atuais, indagando sobre as formas e os significados dos ajustes dessa instituição à nova realidade que se nos apresenta. Neste sentido, constata-se que o volume da capital social desta organização escolar (parcerias e colaborações estabelecidas pelas escolas) tende a interferir favoravelmente na execução de programas e ações de prevenção à violência na escola. Isso é demonstrado pelo estudo da implementação do “Programa Escola Aberta para a Cidadania” (PEAC) em escolas públicas estaduais situadas na Região Metropolitana de Porto Alegre.
Abstract This thesis starts from the recognition that violence has challenged our contemporary social institutions insistently. Therefore, violence would be one of the characteristics that mark social relations today. Changes within the family and work are also typical of the present time and these would make people, mainly the youth, feel as if they were inside a labyrinth: without any points of reference on how to lead their lives. For these reasons, the study seeks to discuss the ability of an institution, like school, in dealing with the outlines assumed by processes of socialization and social integration of young people in the context of contemporary societies, by inquiring about the ways and the meanings of the adjustments of such institution to the new reality presented to us. In this regard, it is noted that the volume of social capital of this school organization (partnerships and collaborations established by schools) tends to interfere in favor of implementation of programs and actions to prevent violence at school. This is demonstrated by the study of the implementation of "Open School for Citizenship program" (PEAC) in public schools located in the metropolitan area of Porto Alegre.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/88356
Arquivos Descrição Formato
000905813.pdf (1.081Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.