Repositório Digital

A- A A+

Rochas vulcânicas alta-sílica na região do Tupanci, NW do Escudo Sul-Rio-Grandense

.

Rochas vulcânicas alta-sílica na região do Tupanci, NW do Escudo Sul-Rio-Grandense

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Rochas vulcânicas alta-sílica na região do Tupanci, NW do Escudo Sul-Rio-Grandense
Autor Leitzke, Felipe Padilha
Orientador Sommer, Carlos Augusto
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Camaquã, Bacia sedimentar do (RS)
Formacao acampamento velho
Geoquímica
Vulcanismo
[en] Acampamento velho formation
[en] Camaquã basin
[en] Tupanci
[en] Volcanism
Resumo A região do Tupanci, localizada no noroeste do Escudo Sul-Rio-Grandense, apresenta um expressivo volume de depósitos vulcânicos de composição ácida, estratigraficamente correlacionados à Formação Acampamento Velho, da Bacia do Camaquã. Esta região apresenta a exposição mais setentrional deste episódio vulcânico, caracterizado por uma sequência vulcânica de rochas efusivas e piroclásticas, de composição dominantemente ácida, afinidade alcalina sódica e idades aproximadas a 550 Ma, cujos processos são vinculados aos magmatismo pós-colisional do ciclo orogênico Brasiliano/Pan-Africano no ESRG. As rochas vulcânicas ácidas ocorrem na forma de depósitos efusivos e, em menor volume, piroclásticos, distribuídas em dois Cerros: Tupanci e dos Picados. O Cerro Tupanci apresenta características de uma intrusão subvulcânica com morfologia alongada (N-S), representada por riolitos porfiríticos, com fenocristais de sanidina e quartzo envoltos por uma matriz quartzo-feldspática equigranular fina a afanítica, ocorrendo com intensa foliação de fluxo nas regiões de borda. No Cerro dos Picados ocorrem derrames riolíticos texturalmente semelhantes, porém com matriz afanítica de aspecto vítreo e presença de biotita, além de depósitos piroclásticos caracterizados por ignimbritos riolíticos. Os ignimbritos podem ser divididos em duas fácies, sendo: ignimbritos ricos em líticos, com alguns púmices desvitrificados e pouco estirados, além de pequenos e raros cristaloclastos; e ignimbritos reomórficos, onde ocorre abundância em púmices desvitrificados com uma destacável textura eutaxítica, maior frequência de cristaloclastos e raros litoclastos. O comportamento dos elementos maiores, traços e ETR de ambos os cerros permitem classificar o magmatismo como supersaturado em sílica, semelhante aos sistemas de alta sílica, afinidade alcalina, e tendência metaluminosa a levemente peralcalina, com características semelhantes aos granitos tipo “A”. As informações obtidas indicam uma vinculação genética destas rochas com o vulcanismo da Formação Acampamento Velho, confirmando, desta maneira, a correlação estratigráfica.
Abstract Volcanic and hypabyssal acid rocks occur in the area of Tupanci, located at the NW portion of the Sul-Rio-Grandense Shield. These rocks are stratigraphically correlated to the Acampamento Velho Formation (about 550Ma), at the Camaquã Basin. This region has the northernmost exposure of this volcanic episode, which comprises a sequence of effusive/hypabyssal and pyroclastic rocks, with dominantly acid composition and sodicalkaline affinity, whose genetic processes are linked to the post-collisional stages of the Brasiliano/Pan-Africano orogenic cycle. In this region the acid volcanic rocks occur mainly as effusive deposits and secondarily as pyroclastic deposits, in two Cerros (Hills): Tupanci and Picados. The Cerro Tupanci defines an elongated morphology (N-S), interpreted as a subvolcanic intrusion, represented by porphyritic rhyolites with phenocrysts of alkali feldspar and quartz surrounded by a equigranular-fine-grained to aphanitic quartz-feldspar matrix, with a strong flow foliation on border regions. In the Cerro dos Picados, texturally similar rhyolitic rocks occur, but with aphanitic to glassy matrix and presence of biotite, and pyroclastic deposits, characterized by rhyolitic ignimbrites. The ignimbrites can be separated in two facies: lithic-rich ignimbrites, with a few devitrified and poorly elongated pumice and crystal fragments; and reomorphic, with abundance of devitrified pumices with a detachable eutaxitic texture, crystal fragments and rarely lithic fragments. The behavior of major elements, traces and REEs allows to classify the magmatism as silica oversaturated, similiar to the systems with high-silica, alkaline affinity and a metaluminous to slightly peralkalline trend with similiar characteristiscs to the “A” type granites. The petrographic and lithochemical data obtained indicate a genetic linkage with the Acampamento Velho Formation magmatism, confirming the stratigraphic correlation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/88623
Arquivos Descrição Formato
000913656.pdf (8.579Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.