Repositório Digital

A- A A+

Sebos de Porto Alegre: os percursos, histórico e dos acervos

.

Sebos de Porto Alegre: os percursos, histórico e dos acervos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sebos de Porto Alegre: os percursos, histórico e dos acervos
Autor Almeida, Rogerio Carlos Petrini de
Orientador Sousa, Rodrigo Silva Caxias de
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Biblioteconomia.
Assunto Comércio
Livro usado
[en] Course book
[en] Guide secondhand bookstores in Porto Alegre
[en] Secondhand bookstore
[en] Types secondhand bookstores
[en] Used book
Resumo O crescente comércio de livros na cidade de Porto Alegre promove o surgimento das primeiras livrarias, no final do século XIX. Entre elas nascem as livrarias de livros usados que vêm a ser conhecidas como sebos, denominação que tem a origem esmaecida pela falta de registro histórico. O principal objeto desta monografia é identificar as características e origens dos acervos dos sebos na capital porto-alegrense. Apresenta um contexto de estudo que anota peculiaridades de diversas livrarias de livros usados existentes na Cidade, registrando dados sobre suas áreas temáticas, memória, características de comércio, espaço, que auxiliaram a construção de tabela com volume por principais assuntos e mercado, além de uma listagem dos sebos encontrados durante a execução deste estudo. A revisão da literatura aborda a memória da construção deste espaço e procura trazer o conhecimento dos primórdios do surgimento das livrarias e do fluxo dos livros na Cidade, com a finalidade de promover a percepção da formação dos acervos nesta praça e consequentemente do surgimento de sebos visto com o crescimento populacional, surgindo usuários com tratamentos específicos, tais como ratos de sebos e garimpadores; estes frequentadores interferem na formação do acervo e no percurso do livro. A metodologia empregada teve um enfoque qualitativo de uma abordagem da pesquisa exploratória e descritiva, que permitiu atuar com dados documentais, obtidos em arquivos e museus, ampliando os conhecimentos com a pesquisa bibliográfica e entrevistas, estas com roteiro predefinido, em uma amostragem ao acaso e por conveniência, aplicada pelo autor, forma utilizada uma vez que o universo é reduzido e de aspecto homogêneo quanto ao segmento explorado: o livro usado. As reflexões finais conduzem a um percurso do livro na linha: autor; editor; livraria de novos; bibliotecas; leitores; fornecedores autônomos e sebos, identificando algumas características do acervo refletidas como: livro usado; assuntos temáticos, especificidade do acervo, seleção, descarte, o público leitor, vendedor, o mercado comercial virtual e adesão de novos veículos de informação, como mídias eletrônicas. Conclui que o livro é um migrante pelas mãos e necessidades do leitor, que a origem do acervo dos sebos se amplia com as possibilidades da navegação pela internet e que o percurso do livro não é estático e muda de acordo com as necessidades do usuário e com as novas aplicações tecnológicas. O estudo não é exaustivo e deixa em aberto novas possibilidades de pesquisas.
Abstract The growing trade in books in Porto Alegre promotes the emergence of the first bookstores in the late nineteenth century. Among them are born to bookstores used book that comes to be known as tallow, a designation that has the source dimmed by the lack of historical record. The main object of this monograph is to identify the characteristics and origin of the collection of used bookstores in the City Porto Alegre. It is inserted into a context of study noting peculiarities of various bookshops used, existing in the City, recording data on their subject areas, memory, feature-commerce space, which helped to build a table with the main volume and market issues, as well a list of bookstores encountered during execution of this study. The literature review addresses of the construction of this memory space and seeks to bring the knowledge of the early emergence of bookstores and the flow of books in the City, in order to promote awareness of the formation of the collections in this square and hence the emergence of bookstores seen with population growth, emerging users with specific treatments, such as mouse and tallow gold digger goers and these interfere with the formation of the collection and in the course of the book. The methodology had a qualitative approach an approach to exploratory and descriptive, allowing work with documentary evidence , obtained in archives and museums using knowledge with the literature review and interviews, this script with default, in a random sampling and convenience, applied by the author, as used since the universe is reduced and homogeneous aspect as explored the segment: used book. The final reflections lead to a course book on line: author, editor, new bookstore, libraries, readers, suppliers and independent bookstores, identifying some characteristics of the collection reflected as used book; thematic issues, the specificity of the collection, selection, disposal, the reading public, seller, market and trade virtual accession of new information vehicles such as electronic media. Concludes that the book is a migrant need and the hands of the reader, that the origin of the collection of used bookstores expands the possibilities of navigating the internet and the way the book is not static and change according to the user's needs and new technological applications. The study is not exhaustive and leaves open new research possibilities.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/88837
Arquivos Descrição Formato
000913427.pdf (1.698Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.