Repositório Digital

A- A A+

Impacto do bilinguismo nas redes de atenção, no acesso lexical e na memória de trabalho em adultos e idosos

.

Impacto do bilinguismo nas redes de atenção, no acesso lexical e na memória de trabalho em adultos e idosos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Impacto do bilinguismo nas redes de atenção, no acesso lexical e na memória de trabalho em adultos e idosos
Autor Billig, Johanna Dagort
Orientador Finger, Ingrid
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Acesso lexical
Bilingüismo
Cognição
Dialeto hunsrückisch
Envelhecimento
Idosos
Linguagem e línguas
Lingüística aplicada
Memória de trabalho
Redes de Atenção à Saúde
[en] Aging
[en] Attentional networks
[en] Bilingualism
[en] Cognition
[en] Hunsrückisch
[en] Lexical access
[en] Working memory
Resumo Evidências sugerem que o bilinguismo possa atuar como reserva cognitiva e atenuar possíveis efeitos negativos do envelhecimento. Entretanto, há ainda muita divergência na literatura no que se refere aos mecanismos responsáveis por essa possível vantagem, sendo que a falta de um controle maior de variáveis de confusão pode explicar essa divergência. É nesse contexto que se insere a pesquisa relatada nesta tese, que teve como objetivo investigar a extensão do impacto do bilinguismo nas redes de atenção, no acesso lexical e na memória de trabalho em uma amostra composta por 136 indivíduos de duas faixas etárias (jovens de 40 a 55 anos e idosos de 60 a 71 anos), sendo 68 bilíngues (hunsrückisch-português) e 68 monolíngues (português), comparáveis em termos socioeconômicos, educacionais e funcionais. Bilíngues e monolíngues tiveram um desempenho similar em todas as tarefas; entretanto, a magnitude do efeito de envelhecimento em termos de tempo de reação geral na tarefa ANT, que avaliou as redes de atenção, na tarefa de fluência fonológica, que avaliou o acesso lexical, e na tarefa N-back, utilizada para avaliar a capacidade de memória de trabalho, foi menor para os bilíngues. Em outras palavras, nossos resultados sugerem que o bilinguismo atuou como uma espécie de reserva cognitiva. Esses resultados são discutidos com base no contexto cultural e de produção bilíngue desses participantes, chamando a atenção para a importância de se levar em consideração esses aspectos na avaliação neuropsicológica.
Abstract Evidence suggests that bilingualism can contribute to cognitive reserve. However, there have been some discrepancies in the literature regarding the mechanisms responsible for this advantage. A lack of control of possible confounding variables can explain these discrepancies. Therefore, in order to control possible confounding variables and to examine the extension of the impact of bilingualism on the attention networks, lexical access and working memory, we assessed the performance of 136 younger (40-55 years old) and older (60-71 years old) participants on the ANT task, verbal fluency tasks and N-back task. They were bilinguals (Hunsrückisch- Portuguese) and monolinguals (Portuguese) matched in terms of socioeconomic, educational and functionality levels. Bilinguals and monolinguals performed equivalently, but the magnitude of the effect of aging in the ANT test, in the N-back test and in the phonological fluency task was smaller for bilinguals. In other words, our results suggest that the bilingualism acted as a cognitive reserve. We discussed these results in terms of cultural and bilingual production contexts, calling attention to the importance of considering these aspects in the neuropsychological assessment.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/90172
Arquivos Descrição Formato
000913385.pdf (5.050Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.