Repositório Digital

A- A A+

MP-CompEAD : modelo pedagógico baseado em competências para professores e para tutores em educação a distância

.

MP-CompEAD : modelo pedagógico baseado em competências para professores e para tutores em educação a distância

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título MP-CompEAD : modelo pedagógico baseado em competências para professores e para tutores em educação a distância
Autor Schneider, Daisy
Orientador Behar, Patrícia Alejandra
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Competência
Ensino à distância
Professor
Tutoria à distância
[en] Competency building
[en] Competency mapping
[en] Distance education
[en] Pedagogical models
[es] Construcción de competencias
[es] Educación a distancia
[es] Identificación de competencias
[es] Modelos pedagógicos
Resumo A presente tese visou à construção e à validação de uma proposta de modelo pedagógico baseado em competências para professores e para tutores em educação a distância - MP-CompEAD. O objetivo é analisar as possíveis contribuições do MP-CompEAD para o processo de construção de competências por esses atores. A fundamentação teórica encontra-se nas obras de Philippe Perrenoud e Guy Le Boterf no que diz respeito às competências, de Patricia Alejandra Behar quanto aos modelos pedagógicos e Jean Piaget acerca da teoria da Epistemologia Genética. Parte-se do pressuposto de que um curso baseado no modelo sugerido possa contribuir para a construção de competências. A metodologia utilizada foi a pesquisa qualitativa, do tipo exploratória (primeira fase) e estudo de caso (segunda fase). Na primeira etapa, desenvolveu-se o objeto de aprendizagem CompEAD (Competências para a Educação a Distância), como também foram realizadas ações-piloto e cursos para o mapeamento de competências e levantamento de estratégias pedagógicas. Esses dois últimos aspectos compõem as questões secundárias e objetivos específicos da investigação, sendo respondidos nessa fase. Na segunda etapa, com base nos primeiros resultados, foi criado e validado o MPCompEAD, a partir de três cursos elaborados com base no modelo. O público dos cursos oferecidos para a coleta de dados em ambas as fases da pesquisa constituiuse de indivíduos de instituições de ensino públicas e privadas. As turmas foram compostas por alunos: (1) com experiência em educação a distância (EAD) - participantes que atuam ou atuaram como professores e/ou tutores; (2) sem experiência na modalidade - interessados em ingressar como professores e/ou tutores em cursos a distância (primeira e segunda etapas); e (3) uma turma mista em termos de experiência (aplicada apenas na segunda etapa da pesquisa). Os instrumentos utilizados foram os ambientes virtuais de aprendizagem institucionais ROODA e MOODLE, além da Roda das Competências, do bloco de anotações, do objeto de aprendizagem CompEAD e dos questionários. Como resultado, portanto, obteve-se um mapeamento de competências consideradas básicas para professores e para tutores atuarem na educação a distância, um quadro de estratégias pedagógicas e o Modelo Pedagógico MP-CompEAD. As contribuições desse modelo pedagógico para os sujeitos participantes na construção de competências para a EAD verificadas na sua validação envolvem os seguintes aspectos: compreensão sobre a EAD e os papéis dos seus atores; experiências proporcionadas pela aplicação das estratégias; possibilidades de reflexão sobre a prática na modalidade, os próprios recursos e os processos de aprendizagem.
Abstract This thesis aimed to build and validate a proposal for a pedagogical model based on teachers' and tutors' competencies in distance education called MP-CompEAD. The goal is to analyze the possible contributions of the MP-CompEAD for the process of competency building with teachers and tutors being the actors. The theoretical foundation could be found in the works by Philippe Perrenoud and Guy Le Boterf regarding the competencies, also in Patricia Alejandra Behar's work regarding the pedagogical models and Jean Piaget's Genetic Epistemology's theory. It is assumed that a course based on the proposed model will contribute to build up the competencies. The methodology used was the qualitative research, exploratory type (first phase) and case study (second phase). In the first phase, we developed the learning goal called CompEAD (competencies for distance education), as well as some pilot actions and courses for competency mapping and a pedagogical strategies survey. These last two aspects are part of the secondary issues and specific objectives of the study that were answered at this phase. In the second phase, based on the first results, we created and validated the MP-CompEAD, from the three courses that were made based on the template. The audience of the courses offered for the data collection in both phases of the research consisted of individuals from public and private education institutions. The classes were composed of students: (1) with experience in distance education (DE) -participants that act or acted as teachers and/or tutors; (2) without experience in DE-interested in joining as teachers and/or tutors in distance education (first and second phases); and (3) a mixed group regarding experience (applied only in the second phase of the research). The research instruments were the institutional virtual learning environments like MOODLE, ROODA, as well as the Competency Wheel, the scratchpad, CompEAD learning goal and questionnaires. As a result, therefore, we obtained the competency mapping considered basic to teachers and tutors work on distance learning, a framework of pedagogic strategies and of the MP-CompEAD pedagogical model. The contributions of this pedagogical model for the participants in building competencies for the Distance Education verified in its validation involves: understanding about the DE and the role of people who are involved (the actors); experiences offered by the implementation of strategies; possibilities of reflection on practice mode, its own resources and learning processes.
Resumen Esta tesis buscó la construcción y la validación de una propuesta de modelo pedagógico basado en competencias para profesores y tutores en educación a distancia - MP-CompEAD. El objetivo es analizar las posibles contribuciones del MPCompEAD para el proceso de construcción de competencias por estos actores. La fundamentación teórica reside en las obras de Philippe Perrenoud y de Guy Le Boterf, respecto a las competencias, de Patricia Alejandra Behar, tocante a los modelos pedagógicos y de Jean Piaget, acerca de la teoría de la Epistemología Genética. Se parte del presupuesto de que un curso basado en el modelo sugerido pueda contribuir para la construcción de competencias. La metodología utilizada fue la pesquisa cualitativa, del tipo exploratoria (primera fase) y estudio de caso (segunda fase). En la primera etapa, se desarrolló el objeto de aprendizaje CompEAD (Competencias para la Educación a Distancia). Además, se realizaron acciones-piloto y cursos para la identificación de competencias y establecimiento de estrategias pedagógicas. Estos dos últimos aspectos componen las cuestiones secundarias y objetivos específicos del estudio, y fueron respondidos en esa fase. En la segunda etapa, con base en los primeros resultados, se creó y validó el MPCompEAD, a partir de tres cursos elaborados con base en el modelo. El público de los cursos ofrecidos para la recolección de datos en ambas las fases de la pesquisa se constituyó de individuos de instituciones de enseñanza pública y privada. Los grupos fueron compuestos por alumnos: (1) con experiencia en educación a distancia (EAD) - participantes que actúan o actuaron como profesores y/o tutores; (2) sin experiencia en esta modalidad - interesados en ingresar como profesores y/o tutores en cursos virtuales (primera y segunda etapas); y (3) un grupo mixto en términos de experiencia (aplicada solamente en la segunda etapa de la pesquisa). Los instrumentos utilizados fueron los ambientes virtuales de aprendizaje institucionales ROODA y MOODLE, además de la Rueda de las Competencias, del cuaderno de anotaciones, del objeto de aprendizaje CompEAD y de los cuestionarios. Como resultado, por lo tanto, se identificaron las competencias consideradas básicas para que profesores y tutores actúen en la educación a distancia, además de obtenerse un cuadro de estrategias pedagógicas y el Modelo Pedagógico MP-CompEAD. Las contribuciones de este modelo pedagógico para los sujetos participantes en la construcción de competencias para la EAD verificadas en su validación incluyen: comprensión sobre la EAD y los roles de sus actores; experiencias proporcionadas por el empleo de las estrategias; posibilidades de reflexión sobre la práctica en esta modalidad, los propios recursos y los procesos de aprendizaje.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/94705
Arquivos Descrição Formato
000914894.pdf (4.010Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.