Repositório Digital

A- A A+

Comparação entre os limiares do potencial evocado auditivo de estado estável e os limiares da audiometria tonal liminar em adultos normouvintes

.

Comparação entre os limiares do potencial evocado auditivo de estado estável e os limiares da audiometria tonal liminar em adultos normouvintes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparação entre os limiares do potencial evocado auditivo de estado estável e os limiares da audiometria tonal liminar em adultos normouvintes
Autor Wender, Mariane Heckmann
Orientador Sleifer, Pricila
Data 2014
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Especialização em Audiologia.
Assunto Audiometria
Potenciais evocados auditivos
[en] Audiometry
[en] Auditory
[en] Auditory perception
[en] Electrophysiology
[en] Evoked potentials
Resumo Objetivo: Comparar os limiares obtidos do potencial evocado auditivo de estado estável (PEAEE) com os limiares da audiometria tonal liminar (ATL), em adultos normouvintes, em ambas as orelhas, assim como, relacionar esses achados ao gênero e a faixa etária. Métodos: Estudo observacional e transversal. A amostra foi composta por 40 indivíduos (50.0%) do gênero masculino e o restante (50.0%) do feminino, normouvintes, com idades entre 20 e 30 anos. Todos os participantes realizaram pesquisa do PEAEE e a ATL. Resultados: Na comparação entre os limiares obtidos entre os exames verificou-se que, em todas as frequências testadas, em ambas as orelhas, as médias do PEAEE mostraram-se significativamente mais elevadas que na ATL (p<0,001), sendo que as maiores diferenças ocorreram nas frequências de 500 e 1000Hz na OD, entretanto, na OE, a maior diferença apresentada foi em 500Hz. Em relação aos gêneros, não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes (p>0,05). Na comparação em relação as faixas etárias, foi detectada diferença estatisticamente significativa na frequência de 500 Hz e 1000Hz na OD, onde o limiar médio do grupo de 20 a 23 anos mostrou-se significativamente mais elevado que no grupo de 28 a 30 anos (p<0,05), mas não diferiu daqueles com idades de 24 a 27 anos (p>0,05). Conclusão: Verificou-se que os limiares obtidos no PEAEE foram de 15 a 20dB superiores aos limiares da ATL, indicando que a resposta do PEAEE pode predizer o limiar auditivo e complementar a avaliação subjetiva da audição.
Abstract Objective: To compare the thresholds of the evoked potential hearing of stable state with thresholds of pure tone audiometry , in normal hearing adults, in both ears, and relate to gender and age group. Methods: This was a cross-sectional, observational and comparative study. The sample consisted of 40 individuals (50.0%) men and (50.0%) women, normal hearing, with age between 20 and 30 years. All participants was evaluated with evoked potential hearing of stable state and the pure tone audiometry. Results: Comparing the threshold, in all tested frequencies, in both ears, the averages of the evoked potential hearing of stable state were significantly higher than pure tone audiometry (p>0.001), and the highest differences occurred at 500 and 1000Hz in the right ear, however, the left ear, the biggest difference was presented at 500Hz . Regarding gender, no statistically significant differences (p>0.05) were found. In a comparison of the age groups was statistically significant differences in the frequency of 500Hz and 1000Hz in the right ear. The average threshold of the group with age between 20 to 23 years was significantly higher than group between 28 to 30 years (p<0.05), but did not differ from 24 to 27 years group (p>0.05). Conclusion: It was found that evoked potential hearing of stable state thresholds were obtained in 15 to 20dB higher than the thresholds of the pure tone audiometry, indicating that the response of the evoked potential hearing of stable state can predict the auditory threshold and complement the subjective assessment of hearing.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/95450
Arquivos Descrição Formato
000918062.pdf (173.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.