Repositório Digital

A- A A+

Triagem auditiva em crianças de 0 a 5 anos em clínica privada

.

Triagem auditiva em crianças de 0 a 5 anos em clínica privada

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Triagem auditiva em crianças de 0 a 5 anos em clínica privada
Autor Dias, Cristina Furtado Palma
Orientador Teixeira, Adriane Ribeiro
Data 2013
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Especialização em Audiologia.
Assunto Audição
Criança
Triagem
[en] Hearing
[en] Hearing screening
[en] Otoacoustic emissions
[en] Risk indicators
Resumo OBJETIVO: Descrever os resultados obtidos na triagem auditiva em crianças de 0 a 5 anos atendidas em clínica privada. MÉTODOS: Foram analisados os prontuários que continham informações sobre histórico pré, peri e pós-natal e o resultado da triagem auditiva de crianças de 0 a 5 anos, considerando-se as seguintes variáveis: idade, gênero, indicadores de risco e resultado da pesquisa de emissões otoacústicas evocadas transientes. Foram selecionados prontuários de crianças que realizaram a triagem no período de 2000 a 2009. RESULTADOS: Foram analisados 2631 prontuários, sendo 1283 (48,76%) de crianças do gênero feminino e 1348 (51,24%) do gênero masculino. As idades variaram entre 0 e 72 meses (média 2,45 ±6,23 anos). Constatou-se presença de emissões otoacústicas em 2495 (94,8%) orelhas direitas e 2502 (95,1%) orelhas esquerdas. Foram observados indicadores de risco em 355 crianças (13,5%), sendo estes limitados ao período peri e pós-natal (permanência em CTI Neonatal, icterícia com exsanguíneotransfusão, uso de ototóxicos). Houve associação entre a ausência de emissões otoacústicas e a presença de indicadores de risco (p<0,001). CONCLUSÃO: A análise dos resultados permitiu concluir que a maior parte das orelhas analisadas apresentou presença de emissões otoacústicas. Houve associação entre a presença de indicadores de risco e a ausência de emissões otoacústicas.
Abstract OBJECTIVE: To describe the findings of the medical records of the hearing screening, held at a private clinic, for children 0-5 years. METHODS: The medical records containing information about historic pre, peri and post-natal care and the outcome of the hearing screening of children 0-5 years considering the following variables: age, gender, risk indicators and research results transient evoked otoacoustic emissions. Were selected medical records of children who underwent screening in the period 2000-2009. RESULTS: We analyzed 2631 patient charts, and 1283 (48.76%) of children were female and 1348 (51.24%) were male. Ages ranged between 0 and 72 months (mean 2.45 ± 6.23 years). It was found otoacoustic emissions in 2495 (94.8%) right ears and 2502 (95.1%) left ears. Risk indicators were observed in 355 children (13.5%), which are limited to the peri-and postnatal (stay in the ICU Neonatal jaundice with exchange transfusion, ototoxic drugs). There was an association between the absence of otoacoustic emissions and the presence of risk factors (p < 0.001). CONCLUSION: The results showed that the majority of ears showed otoacoustic emissions. There was an association between the presence of risk factors and the absence of otoacoustic emissions.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/95456
Arquivos Descrição Formato
000918088.pdf (270.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.