Repositório Digital

A- A A+

Evolução morfométrica do Arroio Chuí no Sistema Laguna-Barreira, Sul da Planície Costeira do Rio Grande do Sul

.

Evolução morfométrica do Arroio Chuí no Sistema Laguna-Barreira, Sul da Planície Costeira do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Evolução morfométrica do Arroio Chuí no Sistema Laguna-Barreira, Sul da Planície Costeira do Rio Grande do Sul
Autor Oliveira, Rafael Mastracusa de
Orientador Ayup-Zouain, Ricardo Norberto
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Chuí, Arroio (RS)
Geologia marinha
Geomorfologia
Planície costeira (RS)
[en] Coastal plain
[en] Geomorphology
[en] GIS
[en] Modeling basins
[en] Morphometry
Resumo O conhecimento das estruturas, feições e formas numa bacia de drenagem é parte integrante do reconhecimento de sua evolução e dinâmica. Abordando a avaliação geomorfológica e dinâmica, destacamos todos os fatores físicos ambientais inerentes aos processos de formação das estruturas e feições. O presente trabalho tem como objetivo principal propor uma caracterização morfométrica da microbacia do arroio Chuí a partir da identificação do divisor de águas adjacente ao arroio Pastoreio, na região sul do estado do Rio Grande do Sul. A identificação da nascente do arroio, foi realizada preliminarmente pela análise em imagens do satélite Landsat 5 sensor TM do ano 2009 associado a dados do modelo digital de elevação (SRTM), sendo posteriormente identificado por observações em campo. Em campo, foi realizado levantamento topográfico na região do divisor de águas com a finalidade de melhor caracterização das suaves variações morfológicas da área. Em laboratório, foram processados e refinados os dados coletados em campo para modelagem tridimensional da área do divisor de águas dos arroios Chuí e Pastoreio. Em ambiente de SIG (Sistemas de Informações Geográficas) foram realizadas interpolações de cotas altimétricas dos pontos coletados em campo utilizando-se os métodos da krigagem e TIN (triangulated irregular network). Através da análise dos modelos tridimensionais gerados, foi identificado o ponto divisor de águas dos arroios, sendo determinante para a posterior delimitação da microbacia do arroio Chuí. A partir da identificação do divisor de águas e conhecimento da nascente do arroio Chuí, foi possível a definição do limite superior da microbacia, e assim caracterizar com maior precisão suas formas e dimensões. Com o uso dos dados do SRTM corrigidos, para a região sul do estado, foram geradas curvas de nível com precisão de 5m, interpolando suas cotas mais elevadas com a ferramenta Watershed (ArcGIS 10®) e definindo-se a área da microbacia do arroio Chuí com 58.796,72ha. Tais métodos de trabalho mostraram-se eficazes na caracterização morfométrica da área de estudo e proporcionaram subsídios ao mais preciso dimensionamento da microbacia do arroio Chuí, acarretando no melhor manejo dos recursos naturais dispostos.
Abstract The knowledge of the structures, features and forms a drainage basin is part of the recognition of his evolution and dynamics. Addressing the geomorphological and dynamic evaluation, we highlight all physical environmental factors inherent to the formation of structures and features. This paper has the main objective to propose a morphometric characterization of the Arroio Chuí basin from the identification of the watershed adjacent to Arroio Pastoreio, the southern state of Rio Grande do Sul. Identifying the source of the Arroyo Chuy, was preliminarily performed by analysis on satellite image Landsat 5 sensor TM of 2009 associated with the digital elevation model (SRTM and later identified by survey in field. In the field, topographic survey was conducted in the watershed region in order to better characterize the soft morphological variations of the area. In the laboratory, were processed and refined data collected in the field for three-dimensional modeling of the watershed of the Arroio Chui and Arroio Pastoreio. In the GIS (Geographic Information Systems) interpolations of elevations points collected in the field using the methods of kriging and TIN (triangulated irregular network) were performed. Through the analysis of three-dimensional models generated, the dividing point of the rivers of waters, being decisive for the further delineation of the Arroio Chuí basin was identified. From the identification of the watershed and the source of knowledge Arroyo Chuy, we define the upper limit of the basin, and so more accurately characterize their shapes and dimensions. With using a digital elevation model SRTM adjusted of the southern state, level curves were generated with an accuracy of 5m, interpolating their highest values with the Watershed tool (ArcGIS®10) and defining the area of the Arroio Chuí basin to 58796.72ha. Such working methods were effective in morphometric characterization of the area and provided subsidies to more accurate sizing of the Arroyo Chuy basin, resulting in better management of natural resources arranged.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/95992
Arquivos Descrição Formato
000918403.pdf (4.863Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.