Repositório Digital

A- A A+

Triagem etno-dirigida de plantas medicinais da caatinga brasileira contra biofilmes de bactérias patogênicas

.

Triagem etno-dirigida de plantas medicinais da caatinga brasileira contra biofilmes de bactérias patogênicas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Triagem etno-dirigida de plantas medicinais da caatinga brasileira contra biofilmes de bactérias patogênicas
Autor Silva, Laura Nunes
Orientador Macedo, Alexandre José
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Bacharelado.
Assunto Biofilmes
Caatinga, Região
Etnofarmacologia
Plantas medicinais
Resumo Contexto: As comunidades locais que habitam a região da Caatinga brasileira possuem um conjunto significativo de conhecimento tradicional e um número considerável de plantas medicinais usadas para curar várias doenças. Objetivos: Este estudo teve como objetivo rastrear 23 extratos vegetais aquosos contra dois modelos bem conhecidos e estudados de formação de biofilme de bactérias: Staphylococcus epidermidis e Pseudomonas aeruginosa. Materiais e métodos: Para avaliar o efeito de extratos na formação de biofilme, utilizouse o ensaio de cristal violeta e imagens de Microscopia Eletrônica de Varredura, assim como medições da absorbância a 600 nm para avaliar o crescimento bacteriano. Os extratos que apresentaram atividades promissoras foram investigados quanto à sua citotoxicidade por MTT e o seu perfil fitoquímico qualitativo foi avaliado por CCD. Resultados: Dez extratos apresentaram atividade importante contra o biofilme de S. epidermidis, enquanto apenas 3 extratos reduziram o crescimento bacteriano. Em relação a P. aeruginosa, os extratos exibiram um perfil diferente: 3 extratos inibiram 100 % do crescimento bacteriano, prevenindo a formação de biofilme por meio da inibição de crescimento bacteriano. As imagens de MEV confirmam que a adesão bacteriana e a estrutura do biofilme foram fortemente inibidas. Além disso, foram encontradas respostas diferentes para viabilidade celular. A análise fitoquímica preliminar dos extratos mais ativos revelaram a presença de flavonóides, terpenóides, esteróides, aminas e polifenóis. Discussão e conclusão: Este trabalho indica que os frutos de Apuleia leiocarpa e Poincianella pyramidalis, bem como folhas de Harpochilus neesianus possuem limitada citotoxicidade in vitro, e têm um alto potencial como fonte de protótipos no desenvolvimento de drogas antibiofilme.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/96783
Arquivos Descrição Formato
000919319.pdf (680.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.