Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da coordenação do cuidado e da ordenação das redes de atenção à saúde pela atenção primária à saúde em Porto Alegre

.

Avaliação da coordenação do cuidado e da ordenação das redes de atenção à saúde pela atenção primária à saúde em Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da coordenação do cuidado e da ordenação das redes de atenção à saúde pela atenção primária à saúde em Porto Alegre
Autor Meira, André Luis Correa
Orientador Harzheim, Erno
Data 2013
Nível Mestrado profissional
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia.
Assunto Atenção à saúde
Atenção primária à saúde
Avaliação de serviços de saúde
[en] Evaluation of health care services
[en] Health care networks
[en] Health evaluation tools
[en] Primary heath care
Resumo O sistema público de saúde brasileiro tem sido convocado a dar resposta a um cenário ao qual se observa transição epidemiológica composta por um emergente aumento de condições crônicas de saúde. Em oposição ao sistema fragmentado, com foco nas condições agudas, voltado para o atendimento individual e isolado, que age de forma reativa e episódica em relação à demanda das pessoas usuárias, surge a Rede de Atenção à Saúde (RAS) com o objetivo de prestar a atenção certa, no lugar certo, com o custo certo e no tempo certo. Para tanto a RAS baseia-se na Atenção Primária à Saúde (APS) como eixo estrutural, esta sendo o centro de comunição das RAS e a porta de entrada do sistema. Assim, cabe a APS a função de coordenação do cuidado e da ordenação da RAS de acordo com as necessidades de saúde das pessoas. Objetivo: Verificar a presença e extensão dos elementos de coordenação do cuidado e de ordenação da rede de atenção pela APS em diferentes tipos de serviços públicos de APS em Porto Alegre. Método: É um estudo transversal de base populacional em adultos adscritos à rede pública de APS de Porto Alegre (Unidade Básica de Saúde, Estratégia Saúde da Família, Centro de Saúde Escola Murialdo e Serviço de Saúde do Grupo Hospitalar Conceição). A análise consiste em questões do PCATool-Brasil, as quais, segundo os autores relacionam-se com as funções de coordenação e ordenação. Resultados: Observa-se que o escore médio de Coordenação e Ordenação pela APS geral é de 5,7 (5,5: 5,9). Quanto aos tipos de serviço, o GHC com escore médio de 6,78 (0,12) foi o único que ficou com valor ligeiramente superior ao valor do ponto de corte (6,6) da escala arbitrária para Coordenação e Ordenação. Os escores médios de coordenação e ordenação da UBS foi 4,85 (0,17); do CSEM 5,48 (0,17) e do ESF foi 5,95 (0,09). Conclusões: Observase que, na experiência dos usuários entrevistados, os serviços públicos de APS de Porto Alegre ainda são incipientes quanto ao desempenho das funções de Coordenação do Cuidado e Ordenação das RAS.
Abstract The Brazilian public health system has been called to respond to a scenario where the observed epidemiological transition consists of an emergent increase in chronic health conditions. In contrast to the fragmented system, focusing on acute conditions facing individual care and isolated, which acts in a reactive and episodic in relation to people's demand users, there is the Health Care Network (HCN) with the objective of providing the right attention at the right place, at the right cost and at the right time. For both the RAS is based on Primary Health Care (PHC) as a structural axis, this being the communication center of the HCN and the gateway system. Thus, it is the function of the PHC care coordination and ordering of HCN according to the health needs of the people. Objective: To determine the presence and extent of the elements of care coordination and ordering of the care network by PHC in different types of public PHC in Porto Alegre. Method: It is a population-based cross-sectional study in adults ascribed to public PHC of Porto Alegre (Basic Health Unit, Family Health Strategy, Health Centre Murialdo and Health Service of the Conceição Hospital). The analysis consists of questions PCATool-Brazil, which, according to the authors relate to the functions of coordination and ordering. Results: It was observed that the mean score for the Coordination and Ordination by PHC overall is 5.7 (5.5: 5.9). As for the types of service, the GHC with a mean score of 6.78 (0.12) was the only one who got slightly higher than the cutoff value (6.6) of arbitrary scale for Coordination and Sorting. Mean scores of coordination and ordenation of UBS was 4.85 (0.17), the CSEM 5.48 (0.17) and FHS was 5.95 (0,09). Conclusions: We observed that, in the opinion of the users interviewed, utilities PHC Porto Alegre are still incipient as the performance of functions of the Care Coordination and Ordination of HCN.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/97301
Arquivos Descrição Formato
000913866.pdf (869.0Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.