Repositório Digital

A- A A+

A influência das orientações no pré-natal para a permanência do aleitamento materno no primeiro mês de vida

.

A influência das orientações no pré-natal para a permanência do aleitamento materno no primeiro mês de vida

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A influência das orientações no pré-natal para a permanência do aleitamento materno no primeiro mês de vida
Autor Rocha, Suzana Mendes Ribeiro da
Orientador Gomes, Erissandra
Data 2013
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Especialização em Fonoaudiologia, ênfase Infância.
Assunto Aleitamento materno
Cuidado pré-natal
Relação mãe-criança
[en] Breast feeding
[en] Health education
[en] Risk factors
[en] Weaning
Resumo Objetivo: realizar uma análise da prática do aleitamento materno nos trinta primeiros dias de vida do recém-nascido e verificar a influência das orientações pré-natais fornecidas às mães sobre este tema. Métodos: estudo retrospectivo, com base nos prontuários de 70 díades mãe/recém-nascidos, com questionário sobre aleitamento materno. Resultados: a maioria das mães não haviam recebido nenhum tipo de orientação e tiveram dificuldades no estabelecimento do aleitamento materno, mais fortemente relacionadas à descida do leite e à ocorrência de fissuras mamilares. Foi observado um índice elevado de oferta de chupetas e introdução de outros leites nos primeiros dias de vida. Somente as variáveis “amamentação na primeira hora de vida” (p=0,019) e “posicionamento do recém-nascido e a relação com a saúde auditiva” (p<0,001) mostraram-se estatisticamente significantes quando comparadas com a realização de treinamento pré-natal. Conclusão: as orientações no pré-natal sobre aleitamento materno não são suficientes para impedir ações que favorecem o desmame precoce no início do estabelecimento do aleitamento materno. Acredita-se que ações dentro do hospital, resolvendo dúvidas e auxiliando no aprendizado deste processo poderão ser mais eficazes para a permanência do aleitamento materno.
Abstract Purpose: To conduct an analysis of the practice of breastfeeding during the first thirty days of life of the newborn and the influence of prenatal guidance provided to mothers on this topic. Methods: A retrospective study based on medical records of 70 dyads mother/newborn, with the application of a breastfeeding questionnaire. Results: Most mothers had not received any guidance e had difficulties in establishing breastfeeding, more strongly related to milk letdown and occurrence of cracking in the nipples. We observed a high rate use of pacifiers and introduction of other milks in the first days of life. Only the variables "breastfeeding in the first hour of life" (p=0.019) and "positioning of the newborn and hearing health" (p<0.001) were statistically significant when compared with the presence of pre-natal guidance. Conclusion: pre-natal guidance on breastfeeding is not enough to prevent early weaning in the beginning of breastfeeding. It is believed that actions within the hospital, resolving doubts and assisting in process learning this process may be more effective for continuing breastfeeding.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/98297
Arquivos Descrição Formato
000922173.pdf (582.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.