Repositório Digital

A- A A+

A Educação Física no currículo de Escolas Profissionalizantes da Rede Federal : uma disciplina em processo de “mutação”

.

A Educação Física no currículo de Escolas Profissionalizantes da Rede Federal : uma disciplina em processo de “mutação”

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A Educação Física no currículo de Escolas Profissionalizantes da Rede Federal : uma disciplina em processo de “mutação”
Outro título La educación física en el currículo de escuelas profesionales de la red federal: una asignatura en proceso de “mutación”
Outro título The physical education in the curriculum of the federal vocational schools: a subject in “mutation” process
Autor Silva, Eduardo Marczwski da
Orientador Fraga, Alex Branco
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Currículo
Educação profissional
História
[en] Federal vocational schools
[en] History of school subjects
[en] Physical education
[en] Technical courses
[en] Vocational education
[es] Cursos técnicos
[es] Educación física
[es] Educación profesional
[es] Escuelas profesionales de la red federal
[es] Historia de las asignaturas escolares
Resumo Esta Tese apresenta uma compreensão sobre o processo adaptativo da Educação Física (EFi) ao currículo de Escolas Profissionalizantes da Rede Federal. A Tese foi construída a partir da visitação a quatro Escolas Profissionalizantes que, atualmente, compõem o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS): Campus Bento Gonçalves, Campus Porto Alegre, Campus Rio Grande e Campus Sertão. Nas visitações, foi possível encontrar documentos relativos ao ensino ministrado nessas Escolas em diferentes épocas, bem como realizar entrevistas com professores e ex-alunos, além de registrar os espaços físicos e os materiais de apoio didático preferencialmente destinados às aulas de EFi. Todo esse esforço foi empregado com o intuito de reconstruir a história da EFi nessas Escolas. Tal reconstrução foi apresentada em quatro períodos distintos, nos quais, o processo adaptativo da EFi foi analisado pela influência que elementos “externos” (política educacional para a Educação Profissional; marcos regulatórios; formação propedêutica vs. formação profissionalizantes) e “internos” (origem da Escola, cursos ofertados, corpo discente e infraestrutura física) à essas Escolas Profissionalizantes exerceram sobre as características da EFi. O processo adaptativo da EFi às Escolas Profissionalizantes estudadas foi iniciado entre as décadas de 1960 e 1970, quando foram criadas condições para que o modelo de EFi esportivista migrasse das Escolas Propedêuticas para às Escolas Profissionalizantes. Ao longo das décadas que seguiram, o modelo esportivista de EFi - de tradição escolar propedêutica - que migrou não encontrou dificuldades para se adaptar ao currículo dos cursos Técnicos (formados por disciplinas de origem propedêutica e profissionalizante) ofertados durante o dia nessas Escolas. Contudo, encontrou muita dificuldade em se adaptar ao currículo dos mesmos cursos Técnicos ofertados à noite. E, em meados da década de 1990, antes mesmo que essas dificuldades adaptativas fossem contornadas, regulamentações educacionais induziram as Escolas Profissionalizantes a uma divisão em seus currículos: criação de um currículo para o curso de Ensino Médio (com as disciplinas de origem propedêutica) e outro currículo para os cursos Técnicos (com as disciplinas de origem profissionalizante). Nesse contexto, a criação do curso de Ensino Médio nas Escolas de Bento Gonçalves, Rio Grande e Sertão favoreceu a permanência do modelo esportivista de EFi nessas Escolas. Por outro lado, o “ambiente” da Escola de Porto Alegre, com a opção pela preservação de um currículo puramente profissionalizante (somente oferta de cursos Técnicos), tornou-se bastante inóspito para esse modelo de EFi. Alguns anos mais tarde, já no século XXI, novas regulamentações educacionais trouxeram de volta a essas Escolas a possibilidade de oferecer disciplinas propedêuticas e profissionalizantes em um único currículo, porém com outra proposta educacional: os cursos Técnicos integrados ao Ensino Médio. Tais transformações curriculares estão provocando pequenas “mutações” no modelo esportivista de EFi ainda presente nas Escolas de Bento Gonçalves, Rio Grande e Sertão. “Mutações” às quais, de forma semelhante com o que está ocorrendo com a EFi na Escola de Porto Alegre, estão rompendo com o modelo esportivista de EFi; tornando essa disciplina mais teórica e com conteúdos voltados para o cuidado com a saúde do trabalhador em seu ambiente de trabalho. Diante de todo esse contexto, parece cedo para afirmar que características da EFi esportivista vão se modificar e se perpetuar em meio a esse processo de “mutação”. Contudo, não há dúvidas de que um importante processo de “mutação” para a EFi foi iniciado nessas Escolas Profissionalizantes.
Resumen Esta Tesis presenta una comprensión sobre el proceso adaptativo de la asignatura de Educación Física (EFi) al currículo de Escuelas Profesionales de la Red Federal. La Tesis fue desarrollada a partir de la visitación a cuatro Escuelas Profesionales que, actualmente, componen el Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS): Campus Bento Gonçalves, Campus Porto Alegre, Campus Rio Grande y Campus Sertão. Durante las visitaciones, fue posible encontrar documentos relativos a la enseñanza ministrados en esas Escuelas en diferentes épocas, así como realizar entrevistas con profesores y ex-alumnos, además de registrar los espacios físicos y materiales de apoyo didáctico preferentemente destinados a las clases de EFi. Todo ese esfuerzo fue realizado con el objetivo de reconstruir la historia de la EFi en esas Escuelas. Tal reconstrucción fue presentada en cuatro periodos distinguidos, nos cuales, el proceso adaptativo de la EFi a estas Escuelas fue analizado por la influencia que elementos “externos” (política educacional para la Educación Profesional; reglamentos educacionales; formación propedéutica vs. Formación profesional) y “internos” (origen, cursos ofrecidos, cuerpo discente, y estructura física) a las Escuelas Profesionales estudiadas, ejercieran en las características de la EFi. El proceso adaptativo de la EFi a las Escuelas Profesionales estudiadas se inició entre las décadas de 1960 y 1970 cuando condiciones fueran creadas para que el modelo “esportivista” de EFi (fundamentado en la práctica deportiva) migrase de las Escuelas Propedéuticas para las Escuelas Profesionales. A lo largo de las décadas que se siguieron, el modelo “esportivista” de EFi – de tradición escolar propedéutica – que migró no encontró dificultades de adaptarse al currículo de los cursos Técnicos (que aceptaban asignaturas de origen propedéutica e de origen profesional) diurnos de estas Escuelas. Sin embargo, encontró muchas dificultades en adaptarse al currículo de los mismos cursos Técnicos nocturnos. Y, a mediados de la década de 1990, antes que esas dificultades fuesen contornadas, reglamentos educacionales inducirán las Escuelas Profesionales a una división estructural en sus currículos únicos: la creación de un currículo para los cursos Técnicos (con las asignaturas de origen en las Escuelas Profesionales) y otro para el curso de Enseñanza Media (con las asignaturas de origen en las Escuelas Propedéuticas). En eso contexto, la creación del curso de Enseñanza Media (con las asignaturas propedéuticas) en las Escuelas de Bento Gonçalves, Rio Grande y Sertão, favoreció la permanencia de lo modelo “esportivista” de EFi en estas Escuelas. Por otro lado, la Escuela de Porto Alegre, con la opción por la preservación de uno currículo puramente profesional (cursos Técnicos), se tornó un ambiente inhóspito para ese modelo de EFi. Algunos años más tarde, ya en el siglo XXI, nuevos reglamentos educacionales hicieran posible nuevamente en estas Escuelas la oferta de asignaturas de origen profesional y propedéutica en un mismo currículo, más con otra perspectiva educativa: los cursos Técnicos integrados a la Enseñanza Media. Estas transformaciones curriculares están provocando pequeñas “mutaciones” en el modelo “esportivista” de EFi presente en las Escuelas de Bento Gonçalves, Rio Grande y Sertão. “Mutaciones” las cuales, de la misma manera con lo que hay ocurrido en la Escuela de Porto Alegre, están rompiendo con el modelo “esportivista” de la EFi; tornando la EFi una asignatura más teórica y con contenidos preocupados con lo cuidado a la salud del trabajador en su local de trabajo. En esto contexto, parece cedo para afirmar que características de la EFi “esportivista” van se modificar y se perpetuar en esto proceso de “mutación”. Todavía, no hay dudas que un importante proceso de “mutación” para la EFi fue iniciado en estas Escuelas Profesionales.
Abstract This dissertation presents an understanding about the adaptive process of the subject of Physical Education (PhyEd) to the curriculum of the federal Vocational Schools. It was developed based on the visits to four Vocational Schools that currently make up the Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul: Campus Bento Gonçalves, Campus Porto Alegre, Campus Rio Grande and Campus Sertão. During the visits, it was possible to find documents related to the teaching of those Schools at different times. It was also possible to conduct interviews with teachers and former students and to observe the physical spaces and didactic support materials preferably intended for PhyEd classes. All this effort was carried out in order to reconstruct the history of PhyEd in those Schools. Such reconstruction was presented in four periods, and in each one, the adaptive process of PhyEd was analyzed by “external” (educational policy to Vocational Schools; educational laws) and “internal” elements (origin of Schools, courses offered, students characteristics and the School structure) that had influenced the characteristics of PhyEd subject in these Schools. The adaptive process of PhyEd to these Schools was started between the 1960s and 1970s, when the PhyEd (originally a propaedeutic subject) found cultural conditions to migrate from Propaedeutic Schools (School that offered High School course) to Vocational Schools (School that offered Technical courses). Thus, over the following decades, the PhyEd sports model (based on sports practice) who migrates does not found difficulties to adapt to the curriculum of the Technical courses offered during the day at these Vocational Schools, once that these curricula accepted propaedeutic and vocational subjects. However, the same PhyEd sports model found several difficulties to adapt to the same Technical courses curricula offered at night. And, even before these adaptive difficulties were overcome, in the mid-1990s; educational laws induct in Vocational Schools a division: the necessity to offer a curriculum to High School course (with propaedeutic subjects only) and other for Technical courses (with professional subjects only). In this way, the High School course created in Bento Gonçalves, Rio Grande and Sertão Schools, had favored the PhyEd sports model permanence at these. On other hand, in Porto Alegre`s School, that opted to offer only Technical courses, the PhyEd sports model was not accepted. Some years later (twentieth one century), educational laws were altered to create another possibility to offer vocational and propaedeutic subjects in the same course in these Schools: a course that offer the High School degree plus a Technical course degree. This new course possibility to Vocational Schools is starting a “mutation” process in the characteristics of the PhyEd presented in Bento Gonçalves, Rio Grande and Sertão Schools. “Mutation” process that, at the same way that had happened in Porto Alegre School, are changing the characteristics of sports practice in PhyED classes; making these classes more theoretical with safety and health at workplace preoccupations. According to this context, it seems to be early to affirm who characteristics of the PhyEd sports model will be modified during this “mutation” process. Although there is no doubt that an important “mutation” process has been started for PhyEd subject in these Vocational Schools.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/99037
Arquivos Descrição Formato
000930176.pdf (1.172Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.