Repositório Digital

A- A A+

Doença e incapacidade : dimensões subjetivas e identidade social do trabalhador rural = Illness and disability: rural workers' subjective dimensions and social identities

.

Doença e incapacidade : dimensões subjetivas e identidade social do trabalhador rural = Illness and disability: rural workers' subjective dimensions and social identities

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Doença e incapacidade : dimensões subjetivas e identidade social do trabalhador rural = Illness and disability: rural workers' subjective dimensions and social identities
Outro título Illness and disability : rural workers' subjective dimensions and social identities
Autor Riquinho, Deise Lisboa
Gerhardt, Tatiana Engel
Resumo Este artigo aborda a interface entre os determinantes sociais de saúde, as condições de vida e as concepções de saúde e doença de moradores de uma localidade rural no sul do Brasil. O objetivo é conhecer e compreender as necessidades em saúde, por meio das concepções de doença, considerando as desigualdades sociais presentes na localidade rural do Rincão dos Maia, Canguçu-RS. Utilizou-se a triangulação de métodos. No desenho qualitativo entrevistaram-se 20 sujeitos. A amostra foi intencional, ilustrativa das diferentes situações de vida. Os resultados referem-se à doença como incapacidade ou restrição de locomoção, uso de remédios e trabalho ou, ainda, como resultante do comportamento cotidiano, de perdas e exposição a diversas temperaturas na lavoura, da alimentação e da presença de enfermidade, geralmente “doenças metáforas”. Apesar das desigualdades socioeconômicas, não se observaram diferenças nas concepções de saúde e doença, possivelmente devido ao contexto cultural comum e à matriz de trabalhador rural. Evidenciou-se a relevância de se conhecer os determinantes sociais em saúde, por meio das condições de vida materiais e dos aspectos subjetivos dos processos cotidianos, como forma de aproximação da construção de saberes e lógicas locais.
Abstract This article addresses the interfaces between social determinants of health, life conditions and the health and illness conceptions of residents of a rural community in the south of Brazil. The objective is to investigate and learn about their health needs based on their conceptions of illness and considering social inequalities in the rural community Rincão dos Maia, in Canguçu, state of Rio Grande do Sul. Triangulation of methods was adopted. In the qualitative design, 20 subjects were interviewed. The sample was intentional and illustrative of different life contexts. Results show references to illness as disability or movement restriction, medicine use and work. It is also considered as resulting from daily behavior, losses, expositions to diverse temperatures in the farm field, eating habits, and presence of diseases, usually “metaphorical ones”. Despite socioeconomic inequalities, no differences were observed concerning the health and illness conceptions, possibly due to the shared cultural context and the rural worker matrix. The article revealed the relevance of learning about social determinants in health by means of material life conditions and also through the subjective aspects of daily processes, in order to understand the construction of local knowledge and logic.
Contido em Saúde e sociedade. São Paulo. Vol. 19, n. 2 (abr./jun. 2010), p. 320-332
Assunto Desigualdade social : Saúde
Saúde da população rural
Saúde pública
[en] Health conditions
[en] Public health
[en] Rural population’s health
[en] Social inequality
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/99080
Arquivos Descrição Formato
000751846.pdf (295.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.