Repositório Digital

A- A A+

Aplicação do modelo 3-D de sustentabilidade na análise de propriedades agroecológicas na área de influência de Unidades de Conservação no Rio Grande do Sul

.

Aplicação do modelo 3-D de sustentabilidade na análise de propriedades agroecológicas na área de influência de Unidades de Conservação no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aplicação do modelo 3-D de sustentabilidade na análise de propriedades agroecológicas na área de influência de Unidades de Conservação no Rio Grande do Sul
Autor Volkmer, Gabriele
Orientador Pedrozo, Eugenio Avila
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Agroecologia
Sustentabilidade
Unidades de conservação
[en] 3-D model
[en] Agroecology
[en] Conservation unities
[en] Sustainability
Resumo A temática da produção de alimentos destaca-se entre as discussões do desenvolvimento sustentável, principalmente por constituir uma das atividades fundamentais para a existência humana, a qual tem sido responsável por inúmeros impactos socioambientais, tais como a destruição das florestas e da biodiversidade genética, a erosão dos solos e a contaminação dos recursos naturais e dos alimentos, bem como o êxodo rural e a concentração de terras. Nesse contexto, a Agroecologia apresenta-se sob um enfoque teórico e metodológico que, agregando diversas disciplinas científicas, se propõe a estudar a atividade agrária sob uma perspectiva ecológica. Sua unidade de análise, portanto, é o agroecossistema, que, a partir de um enfoque sistêmico proporciona as bases científicas para a implantação de agriculturas mais sustentáveis. Assim, percebe-se que a Agroecologia, ao incorporar múltiplas dimensões, promove discussões relacionadas à do desenvolvimento sustentável. Dada a importância de áreas naturais preservadas para a manutenção da biodiversidade e de serviços ecossistêmicos na discussão tanto da Agroecologia como do desenvolvimento sustentável, o objetivo dessa pesquisa foi analisar as diferentes propriedades agroecológicas na área de influência de unidades de conservação do Litoral Norte do estado do Rio Grande do Sul e que fazem parte do Organismo Participativo de Avaliação da Conformidade – OPAC Litoral Norte, a partir do Modelo 3-D de Sustentabilidade de Mauerhofer (2008). Esse modelo foi escolhido porque, além de englobar as três dimensões, ambiental, social e econômica, elas são apresentadas em outro nível de discussão, em um cone, representando uma hierarquia, onde as paredes do cone representam a capacidade de suporte do ambiente, enquanto a base representa o capital ambiental. Interior a esse cone, há outro, em que as paredes representam a capacidade de suporte social e a base o capital social. Da mesma forma, interior a esse segundo cone, há o cone da capacidade econômica e do capital econômico. Os cones estão assim dispostos devido a uma relação de dependência, pois a dimensão social só existe porque há a dimensão ambiental, e a econômica só existe porque há a dimensão social. Portanto, a partir de uma abordagem qualitativa, por meio de entrevistas em profundidade com auxilio de roteiros semiestruturados, a pesquisa foi realizada em seis propriedades agroecológicas do Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Uma proposta de operacionalização do modelo 3-D de sustentabilidade de Mauerhofer (2008) foi elaborada, em que os dados coletados resultaram em modelos de triângulo 3-D de sustentabilidade para cada um dos agrossistemas analisados. Um modelo 3- D de sustentabilidade para cada um dos extremos (propriedade sustentável e insustentável) foi também elaborado. Assim, pode-se constatar que os modelos das propriedades rurais analisadas encontram-se bem mais próximos ao modelo da propriedade sustentável, sendo as questões econômicas as que apresentam relações de menor eficiência. Essas propriedades possuem, portanto, inúmeros aspectos que podem contribuir com a efetividade das unidades de conservação. Entre esses aspectos destacam-se a preservação da mata nativa e implantação de sistemas agroflorestais, os quais podem atuar como corredores ecológicos e o envolvimento dos agricultores com os gestores das unidades de conservação, que contribuem para o apoio da população local.
Abstract Food production consists in an important topic among the discussions of sustainable development, mainly because of its fundamental role to human existence. However, numerous social and environmental impacts have been generated due to the dominant style of food production, such as the forests destruction and genetic biodiversity lost, soil erosion and contamination of natural resources and food, as well as the rural exodus and the land ownership concentration. In this context, Agroecology is issued as a theoretical and methodological approach that proposes to study the agrarian activity from an ecological perspective, taking into consideration several scientific disciplines for its analysis. The Agroecology unit of analysis is therefore the agroecosystem, which, from a systemic approach, provides the scientific basis for the implementation of more sustainable agriculture. Thus, Agroecology is able to promote discussions related with sustainable development, by incorporating multiple dimensions into its analysis. Given the importance of preserved natural areas for the maintenance of biodiversity and ecosystem services in both discussions, Agroecology and sustainable development, this study aimed to analyze the different agroecological agrosystems located in the influence zone of conservation unities from the North Coast of Rio Grande do Sul which belong to the Participatory Organization for Conformity Assessment (OPAC North Coast) – Organismo Participativo de Avaliação da Conformidade Litoral Norte – from the perspective of 3-D Model of Sustainability of Mauerhofer (2008). This model was chosen because it includes the three sustainable dimensions, environmental, social and economic, which are analyzed through a cone. The cone represents a hierarchy, and its walls mean the carrying capacity of the environment, while the base represents the environmental capital. Inside this cone, there is a second cone, whose walls represent the social carrying capacity and the base represents the social capital. Likewise, inside this second cone, there is a third cone with the economic capacity and economic capital. The cones are arranged through a dependency relationship, since the social dimension only exists because there is the environmental dimension, and economic exists only because there is a social dimension. In order to achieve this purpose, this research had a qualitative approach and it was carried out through in-depth interviews with semi-structured guide in six agroecological farms. An operational proposal of the 3-D sustainability model of Mauerhofer (2008) was elaborated. From that the collected data resulted in models of 3-D sustainability triangle for each agroecosystems. A 3-D sustainability model for each extreme category (sustainable and unsustainable farms) was also elaborated. Thus, the results illustrate that the farms models produced in this research are closer to the sustainable farm model. They also show that economic issues have the lowest efficiency ratios. These farms, however, have many aspects which can contribute to effectiveness of protected areas. Among these aspects, the forest fragments preservation and agroforestry systems implementation can act as ecological corridors and the involvement of these farmers with the protected areas managers can contribute to local population support.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/103456
Arquivos Descrição Formato
000937831.pdf (2.137Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.